A Apple trouxe-nos no final de Outubro os novos e muito esperados MacBook Pro. Contudo, essa excitação para muitos terminou assim que viram que, por exemplo, não tinha leitor de cartões SD nem os USB convencionais.

Apesar disso, o panorama piora quando começam a surgir relatos de vários tipos de problemas incluindo problemas de autonomia. É certo que os MacBook Pro sempre foram conhecidos pelo seu excelente desempenho mas, em tarefas simples, também primavam pela sua grande autonomia. Porém para além dos problemas de autonomia noticiados anteriormente, surgem-nos agora testes feitos pela Consumer Reports (fonte) na qual testam os três modelos de MacBook Pro apresentados pela Apple: MacBook Pro de 13″ sem touch bar, MacBook Pro de 13″ com touch bar e MacBook Pro de 15″ com touch bar, todos os três modelos adquiridos através da Apple Store.

   

Vê também: Os MacBook Pro apresentam problemas na placa gráfica, e não só!

De acordo com a Apple, estes MacBook Pro têm uma autonomia que ronda as 10 horas (em média) dependendo claro das tarefas que executes nesse intervalo de tempo. Contudo muitos utilizadores bem como a Consumer Reports obtiveram resultados muito controversos e intrigantes. O teste consistiu em navegar na internet em diferentes browsers e ver até onde ia a autonomia.

Quanto a resultados obtidos pela fonte deste artigo, o MacBook Pro de 13″ com touch bar conseguiu umas fantásticas 16 horas de autonomia após o seu primeiro carregamento, 12 horas e 45 minutos horas após o segundo carregamento e umas míseras 3 horas e 45 minutos depois da terceira carga. O modelo sem touch bar conseguiu 19 horas e 30 minutos após a primeira carga mas apenas 4 horas e 30 minutos depois do segundo carregamento.

Já o modelo de 15″ conseguiu 18 horas e 30 minutos após o primeiro carregamento tendo existido uma queda que fez com que obtivesse resultados a rondar as 8 horas de autonomia nos testes seguintes.

Vê ainda: Zadak551: O SSD que dará mais cor ao teu computadorQuestionados acerca destes resultados a Apple afirma que “qualquer cliente que tenha questões acerca do seu MacBook ou do seu funcionamento devem contactar a AppleCare” (ou no caso português, um reparador autorizado Apple). A Consumer Reports conclui o estudo afirmando que “todos os três MacBook Pro falham nos padrões recomendados para estes modelos”. Este teste também está resumido num vídeo que podes ver aqui.

É com imensa tristeza que tenho assistido ao percurso da Apple nos últimos tempos. Inicialmente por decisões controversas que adoptaram no seu iPhone 7 e iPhone 7 Plus, mais tarde pelo hardware (ou melhor, a falta dele) nestes MacBook Pro e agora, nos problemas que vão surgindo com estas máquinas. Ainda que desde sempre respeite, admire e idolatre o trabalho que a marca da maçã trincada tem feito (desde a qualidade dos seus produtos, ao ecossistema até mesmo ao incrível serviço de apoio ao cliente), sinto que a marca com uma qualidade quase incontestável começa a desaparecer, o mercado começa a ter soluções igualmente competitivas ou mesmo melhores e a Apple começa a deixar de destacar-se no meio das outras grandes marcas. Espero estar enganado mas acredito que o sucesso da Apple tem os dias contados.

Talvez queiras ver:

Honor 8 receberá Android 7.0 Nougat e EMUI 5.0 em fevereiro

É oficial! A TCL irá apresentar novos equipamentos BlackBerry na CES 2017

Esta é a Andoer 4K, a “GoPro” que grava a 4K Ultra-HD


Viatechnobuffalo
Fonteconsumer reports

Estudante de Direito e amante de tecnologia. Tudo o que é inovador na vida atrai-me (menos comida muito “fora do normal”).
No meio tecnológico, aprecio particularmente smartphones, computadores e automóveis.
Integrar a equipa da 4gnews começou por ser um desafio pessoal e agora é um orgulho coletivo.