Wiko UPulse
Wiko UPulse

O novo Wiko Upulse foi apresentado em fevereiro pela empresa francesa mas só agora é que está a chegar de forma oficial ao mercado. A Wiko já nos surpreendeu de uma forma positiva na Mobile World Congress com os seus WIM, terminais que aliás, tiveram a distinção dos prémios 4gnews.

Chegou a hora do smartphone chegar ao mercado de forma oficial e a Wiko acredita que este Wiko Upulse possa de facto ser um “game changer”.

Vê ainda: Bluboo compara o seu Bluboo S1 ao Samsung Galaxy S8

   

O dispositivo conta com um ecrã de 5.5″ polegadas IPS HD com extremidades um pouco grandes. É uma pena que a Wiko não puxe um pouco mais para o FHD sendo que 5.5″ polegadas já exige um pouco mais de definição.

O terminal chega-nos com um processador Quad-Core a correr a 1.3GHz (ainda sem informação no modelo do chip), 3GB de memória RAM e 32GB de memória interna com possibilidade de expansão via MicroSD com mais 128GB.

Algo a realçar no Wiko Upulse é a sua câmara fotográfica. O terminal oferece uma câmara principal de 13MP com tecnologia Super Pixel que dará a possibilidade ao utilizador tirar fotografias com a definição de 52MP. 

Wiko Upulse traz características relevantes para o preço

Todos sabemos que Megapixéis não fazem uma fotografia com qualidade, contudo, temos de admitir que é um bom golpe de marketing e ainda uma característica relevante que deve ser mencionada.

O Wiko Upulse traz uma bateria de 3000 mAh e Android 7.0 Nougat. Isto significa que a nível de autonomia não deverás ter problema para utilizares o dispositivo durante um dia com utilização moderada. Sendo que o ecrã também não é Full HD, mais uma razão para a bateria ser ainda mais duradoura.

O Wiko Upulse chega-nos em metal escovado com a tonalidade preta ou dourada e baterá nas prateleiras de uma forma oficial no dia 22 de junho com um valor de 219€.

Outros assuntos relevantes:

Evleaks afirma que OnePlus 5 chegará com 8GB de RAM

Asus Zenfone AR chega a 14 de Junho com 8GB de RAM!

Xiaomi Mi 5S e 5S Plus com Android 7.1? Só através do LineageOS