galaxy S6 4gne

Agora que estamos a duas semanas do final do ano, as atenções estão ainda mais voltadas para os novos smartphones a serem lançados em 2016. O próximo Samsung Galaxy S7 é provavelmente o mais esperado e aquilo que ele poderá trazer de novo tem sido alvo de notícia inúmeras vezes.

Em mais uma ronda de rumores, desta vez oriundos de um relatório publicado pelo Wall Street Journal, acredita-se que o Galaxy S7 poderá trazer tecnologia Force Touch e ainda um leitor de retina.

   

O prestigiado jornal americano afirma ter fontes em “pessoas ligadas ao assunto” que afirmam que o próximo flagship da Samsung incluirá uma tecnologia muito idêntica ao 3D Touch, utilizada pela Apple no seu iPhone 6S. Basicamente isto permitirá à empresa sul-coreana introduzir mais umas quantas novas funções à sua TouchWiz, dependentes da força com que o utilizador pressionará o ecrã de seu smartphone.

galaxy s7

Um leitor de retina, para aprimorar ainda mais a segurança do equipamento, estará também na calha para o próximo Galaxy S7. Depois da inclusão de um destes sensores nos novos Lumia 950 e 950 Xl e o rumor de que o LG G5 poderá também incluir este sensor, eis que a Samsung parece querer seguir esse mesmo caminho.

Outras conclusões tiradas deste relatório publicado pelo Wall Street Journal, dizem que o novo smartphone da Samsung possuirá uma entrada USB do tipo C, algo que se acredita firmemente ser verdade depois de uma alegada estrutura do equipamento indicar isso mesmo. A possibilidade de expansão de memória através de um microSD está também quase garantida, mas que poderá ser característica apenas dos modelos não Edge, algo que, na minha opinião, deveria ser transversal a todos os modelos.

Para terminar, este novo relatório afirma que a apresentação do próximo Galaxy S7 deverá efetivamente ocorrer no decorrer da MWC 2016 e com lançamento nos EUA a meados de março.

Talvez queiras ver:

😉

ViaGSMArena
FonteWall Street Journal
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.