Novo processador topo de gama para smartphones Android da Qualcomm está a chegar!

Filipe Alves
Comentar

A Qualcomm parece já ter tudo preparado para lançar o novo processador topo de gama para smartphones Android. O Qualcomm Snapdragon 865+ deve´ra chegar já em julho com a promessa de mais potência e melhor gestão de autonomia nos equipamentos topo de gama.

Vimos o mesmo a acontecer no ano passado com o Snapdragon 855+. Este ano não deverá ser diferente. Ou seja, os próximos smartphones topo de gama a ser revelados para lá de julho deverão ter o novo chip no seu interior.

O que esperar do novo chip para smartphones Android topo de gama

Qualcomm Snapdragon 865+ para smartphones Android

Uma das informações que circulam do novo Qualcomm Snapdragon 865+ é a sua potência. O novo processador conseguirá chegar aos 3.09GHz. Uma potência ainda por alcançar num smartphone. Lembro que o Qualcomm Snapdragon 865 consegue chegar aos 2.84GHz.

Fala-se ainda que este chip conseguirá bater cerca de 646 mil pontos na Benchmark do AnTuTu. Ou seja, não há questões quanto à sua potência.

Quais serão os smartphones que chegarão com o Qualcomm Snapdragon 865+

O primeiro equipamento a ser equipado por este chip deverá ser o ASUS ROG Phone 3. O telemóvel da ASUS destinado puramente ao gaming e que leva o desempenho do equipamento ao limite.

Ainda assim, este não será o único a chegar com este processador. Espera-se que a maior parte dos smartphones topo de gama a ser lançados na segunda metade de 2020 cheguem com este chip.

Ou seja, deveremos ter os modelos "T" da OnePlus. O Samsung Galaxy Note 20 (modelo americano) também deverá chegar com este chip. Além disso, os terminais da Xiaomi, OPPO, VIVO com ideologia flagship também o terão no seu interior.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.