Com quase um ano e meio de vida, o Windows 10 é um sucesso garantido para a Microsoft. Todavia, muito desse sucesso se deve aos Insiders que, durante todo este tempo, ajudaram os trabalhadores da empresa de Redmond a perceberem melhor como poderia evoluir o sistema.

Pois bem, entretanto, quase 18 meses passaram e, agora, depois de tantas novidades que integraram o Windows 10 desde a sua primeira versão, as próximas serão já as que listarei a seguir – para os Insiders. Em breve para o público em geral, provavelmente com a Creators Update.

   

A Build 14997 promete muito. Começando pelo início, depois de instalada, esta versão mostra-nos a possível interação com a Cortana – a assistente pessoal dos utilizadores Windows. De facto, pensemos um momento no Menu Iniciar e na Cortana.

Como foi referido num artigo há uns dias, o famoso Start Screen terá direito às Pastas que já integram o Windows Phone (ou Mobile) desde 2014. Para além disso, por muito estranho que pareça, para além de nomes que a dar às disposições das nossas aplicações, também poderemos atribuir símbolos – como chávenas de café.

No entanto, voltando às Pastas, e para quem não tem um smartphone Windows e por isso não sabe como se criam, só é preciso arrastar uma aplicação para cima de outra. Depois dar-se-á um nome e feito, nada mais fácil. Quanto à Cortana, agora, a nossa querida amiga poderá ser ativada com um simples atalho: (Tecla) Windows + C.

Em segundo lugar, partilha. A partilha de ficheiros é cada vez mais um must do nosso dia-a-dia. Porém, nem sempre é simples partilhar algo no Windows 10 e, em algumas ocasiões, parecia até que a gigante de Redmond se tinha olvidado de tal necessidade. Não mais. Agora, partilhar tornar-se-á simples e prático, tal como seria de esperar de um software deste tipo.

Outro aspeto bem importante para (quase) toda a gente que usa um computador ou tablet com Windows diariamente é o uso do Microsoft Edge. O browser da empresa liderada por Satya Nadella voltou a crescer e, na Build 14997, os separadores abertos serão espelhados de uma forma diferente. Acabou-se aquele amontoar de separadores abertos de difícil perceção. Não só foi adicionado um botão onde podemos ver todos os separadores em uso, como também um outro que nos mostra aqueles que estão mais para a frente (ou para trás). Por último, dentro deste tópico, há ainda um último (novo) botão para abrir novos separadores e que basicamente mostra quais aqueles abertos recentemente. Assim, os três novos comandos são um sinónimo de poupança de tempo, felizmente.

E como a Internet, quer se queira quer não, pode ser uma fonte de perigos, o Windows Defender também trará novidades. Não só teremos um design totalmente novo e inspirador, como um conjunto vasto de funcionalidades e personalização máxima.

Desde proteção contra vírus, até à gestão do dispositivo pelos utilizadores que o usam, tudo pode ser comandado num só local agora. Nunca o Windows Defender fez tanto sentido e englobou de uma forma tão concisa as mais diversas características. Agora sim, o Windows Defender faz (realmente) parte deste Windows 10.

Este foi o primeiro artigo (de dois) sobre esta Build 14997. O segundo incidirá sobre as novidades nas Definições e Aplicações do Windows 10 que, como podes esperar, serão muitas. Sem dúvida que tanta surpresa alegrará e de que maneira todos os utilizadores da plataforma da Microsoft.

Talvez queiras ver:

O meu artigo de Natal: Para os “Windows Phone Users”

AliExpress chega à Windows Store para todos os utilizadores!

Problemas nas ligações à Internet foram corrigidos no Windows 10