O mítico Nokia N9 pode regressar em 2020. Será este o seu design?

Bruno Coelho
Comentar

Quando a Nokia lançou o N9 em setembro de 2011, o seu declínio já era bastante evidente, depois de dominar a primeira década dos anos 2000 no segmento mobile.

Este modelo ficou marcado por ser o primeiro da fabricante a abandonar o Symbian OS. À data chegou com o sistema operativo Meego, desenvolvido em conjunto com a Intel. Nove anos depois, a marca agora detida pela HMD Global pode lançar uma nova versão deste terminal.

Numa altura em que se fala do seu relançamento, o designer Antony Andreas produziu um conceito daquele que pode vir a ser o design do smartphone. Fazendo jus ao aspeto original, vemos um dispositivo que não cairia nada mal em termos de design em 2020.

Conceito do Nokia N9 2020 por Antony Andreas

O aspeto é mais refinado, e vemos um corpo totalmente em alumínio que transmite bastante robustez. Embora angular no seu núcleo, é um dispositivo com perfil arredondado, e que certamente assentaria bem na mão.

A câmara em forma de ‘comprimido’ ao centro, pode dizer-se que já foi inspiração para dispositivos como o Nokia 7.2 ou mesmo o OnePlus 7T. Algo salutar seria a entrada de 3.5mm para headphones, cada vez mais uma raridade nos smartphones mais potentes do mercado.

Conceito do Nokia N9 2020 por Antony Andreas

Caso um dispositivo destes venha a chegar ao mercado, seria interessante perceber se todo o ecrã será aproveitado. O design certamente não vai agradar a todos, mas pode dizer-se que não seria igual a todos os dispositivos que vemos lançados atualmente.

Editores 4gnews recomendam:

  • Nokia poderá trazer a característica que todos desejam no seu próximo smartphone topo de gama!
  • Nokia 5.2: Imagens reais, preço e especificações são revelados
  • Nokia poderá lançar o seu primeiro smartphone dobrável ainda em 2020
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.