Nintendo não clarifica se resolveu problemas nos Joy-Con da Switch OLED

Carlos Oliveira
Comentar

Esta semana, a Nintendo apresentou uma nova versão da sua popular consola. Apelidada de Nintendo Switch (modelo OLED) a principal diferença introduzida será o seu painel de tecnologia OLED.

Perante as mudanças escassas nesta consola, a questão do problema de drift nos Joy-Con é fundamentada. Contudo, a Nintendo abre a porta a que este inconveniente se repita na nova Switch OLED.

Nintendo afirma que a Switch (modelo OLED) virá com os mesmos Joy-Con

O drift que afeta os Joy-Con refere-se aos movimentos fantasma que vários utilizadores experimentaram. Ou seja, os controlos analógicos movem-se mesmo sem a intervenção do jogador, promovendo movimentos involuntários durante os jogos.

Nintendo Switch (modelo OLED)

Foram várias as publicações que questionaram a Nintendo acerca dos problemas amplamente conhecidos nos Joy-Con do modelo original. A resposta dada pela empresa nipónica não esclarece se o drift foi ou não resolvido com os novos comandos.

Em resposta do The Verge, a Nintendo afirma: "A configuração e funcionalidade dos comandos Joy-Con não mudaram com a Nintendo Switch (modelo OLED)." Vai mais longe e adiciona "Os comandos Joy-Con incluídos na Nintendo Switch (modelo OLED) são iguais aos disponíveis atualmente".

Foi desta forma evasiva que a Nintendo se escusou a responder aos receios fundamentados dos interessados na sua nova consola. Quatro anos após os primeiros relatos deste problema, o receio permanece e inquieta aqueles que olham seriamente para a nova Switch.

Perante a recusa da Nintendo em responder à questão, só saberemos se o problema do drift se mantém quando a consola chegar aos utilizadores. Caso estes se deparem com uma unidade defeituosa dos Joy-Con, a NIntendo aconselha a contactar o seu serviço de apoio ao cliente.

Nintendo Switch (modelo OLED) chega ao mercado em outubro

Desvendada na passada terça-feira, a Nintendo Switch (modelo OLED) é uma melhoria incremental face à consola original. A única diferença é o seu ecrã, agora com tecnologia OLED que oferece uma reprodução de cores mais aprimorada.

Esta consola chegará oficialmente às lojas no dia 8 de outubro. O seu preço recomendado é de 350 dólares, um aumento a rondar os 50 € face ao modelo atualmente disponível no mercado.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.