Ninja 'ataca' Twitch depois de apresentar pornografia no seu antigo canal

Vitor Urbano
Comentar

Tyler "Ninja" Blevins é o streamer mais popular de sempre, especialmente depois da sua recente mudança. No início do mês, Ninja fez a drástica mudança de plataforma, saindo do Twitch para se juntar ao rival Mixer da Microsoft. Apesar de todas as controvérsias, a mudança provou-se um verdadeiro sucesso, com o streamer a conseguir alcançar mais de 1 milhão de subscritores em apenas algumas semanas.

Já tinham surgido várias polémicas quanto à forma que o Twitch estava a gerir o antigo canal de Tyler Blevins, que agora permanecia offline. Ao contrário do que aconteceu com diferentes streamers que mantiveram a conta offline com acesso a todos os seus vídeos, mesmo depois de mudarem de plataforma. O canal do Ninja teve um rumo totalmente diferente.

Ninja Twitch Pornografia

Twitch aproveitou os 14,5 milhões de subscritores para publicitar outros canais

Após a saída de Blevins para o Mixer, o Twitch aproveitou-se da sua esmagadora legião de subscritores para publicitar outros canais de streamers. Ninja nunca se pronunciou quanto a esta abordagem imprópria, até ao mais recente acontecimento.

Recentemente, o canal que se posicionava em primeiro lugar na antiga página do Ninja, estava a apresentar pornografia para 14,5 milhões de subscritores. Ninja quebrou o silêncio contra todas estas ações por parte do Twitch, revelando que se sente enojado, pedido desculpa a todos os seus fãs.

Disgusted and so sorry. pic.twitter.com/gnUY5Kp52E

— Ninja (@Ninja) 11 de agosto de 2019

Ninja vai fazer todos os possíveis para se remover totalmente do Twitch

Assim como recorda o streamer, foram mais de 8 anos a construir a sua marca, crescendo na plataforma Twitch com todo o seu esforço e dedicação. Em 8 anos, conseguiu alcançar o patamar dos 14,5 milhões de subscritores, que estão agora a ser utilizados pela plataforma para publicitar os seus serviços. Além disso, colocam toda a sua marca em risco, ao apresentar conteúdo que não espelha de todo, os princípios do streamer.

Depois de revelar que iria fazer tudo que estivesse ao seu alcance para ser removido por completo do Twitch, Ninja revelou que voltaram a colocar a sua página "offline", como sempre deveria ter permanecido. Certamente que Blevins vai continuar a tentar que o seu antigo canal seja eliminado.

CEO do Twitch responde com uma 'desculpa esfarrapada'

Emmet Shear, CEO do Twitch, respondeu a esta grande polémica através da sua conta no Twitter. Revelando que este acontecimento foi parte de um teste cujo objetivo é apresentar conteúdo em direto, em canais que se encontram offline. Shear afirma que a sua comunidade acede ao Twitch à procura de conteúdo em direto, explicando o motivo para este teste.

No entanto, tudo não parece mais que uma 'desculpa esfarrapada'. Curiosamente, este teste teve início exatamente no dia em que Tyler Blevin se mudou para o Mixer. Mais ainda, um teste 'tão importante' para a plataforma, foi apenas implementado numa única conta.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.