Netflix vai mesmo aventurar-se no mundo dos videojogos. Entende.

Rui Bacelar
Comentar

A Netflix, plataforma por excelência dedicada ao streaming de filmes e séries online, quer aventurar-se no mundo dos videojogos. A proposta é avançada pela publicação The Information que dá conta dos esforços já em curso por parte da empresa norte-americana.

Segundo esta, a Netflix estará a contactar vários veteranos da indústria gaming, nomes com experiência no mercado dos videojogos com o intuito de recrutar pelo menos um executivo que lidere um possível novo departamento que vá além dos conteúdos tradicionais.

Dos filmes e séries ao mundo gaming, a próxima aposta da Netflix

De acordo com a fonte supracitada, a Netflix quer adicionar valor à sua plataforma e apostar num novo tipo de conteúdos. Citando fontes próximas da empresa e a par dos seus esforços, o objetivo passa por ir além do formato tradicional de entretenimento.

A aproximação entre a Netflix e os veteranos dos videojogos terá ocorrido ao longo das últimas semanas, sem que nada tenha sido revelado pela própria. Note-se, contudo, que esta não é a primeira vez que a empresa volta as suas atenções para o mundo gaming.

Tome-se, por exemplo, o Stranger Things: The Game, com três jogos retro 8-bit já lançados com o aval da Netflix. E, ainda que tais lançamentos configurem uma tímida investida neste mercado, terá sido o suficiente para despertar o interesse da empresa.

A aposta nos videojogos como reforço do ecossistema Netflix

It’s a new dawn in Vegas. #ArmyOfTheDead is now on @netflix. pic.twitter.com/rCpRqMAFRz

— Zack Snyder (@ZackSnyder) 21 de maio de 2021

Querendo levar o seu conteúdo para outras plataformas e setores, a contratação de pessoal com o know-how poderia também reforçar o ecossistema da empresa. Isto é, manter o utilizador "sempre" em contacto com o seu produto de entretenimento.

Tomando como exemplo a adaptação de uma das suas mais bem-sucedidas franquias, a Stranger Things, poderíamos ver outras franquias a tomar o mesmo rumo, mas não só. Em causa está um possível novo pacote de jogos a ser incluído na subscrição.

Algo similar ao que já é implementado pela Apple - serviço de subscrição Apple One - onde está incluído o acesso ao Apple Arcade (serviço de jogos), bem como os predicados da Apple TV+, iCloud e Apple Music. Esta será a inspiração da Netflix.

Netflix is looking to hire an executive to oversee an expansion into video games.Reminds me of how iQiyi has been doing this in China for a while. https://t.co/NYqgtzBNe3

— Daniel Ahmad (@ZhugeEX) 21 de maio de 2021

Em declarações à imprensa internacional, o analista Daniel Ahmad da Niko Partners afirma que o objetivo passa por levar a sua propriedade intelectual a novas plataformas. Para explorar novos setores, sobretudo aqueles em que os consumidores invistam mais do seu tempo, sendo clara a implicância do mundo dos videojogos.

Este pode ser o novo vetor de crescimento para a plataforma de streaming de filmes e séries. Aguardamos pelo desenrolar das novidades.

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.