Netflix refuta os avanços da Disney+ e do grupo Disney no streaming, eis a justificação

Rui Bacelar
Comentar

A "guerra" do streaming de filmes e séries está ao rubro, com a plataforma Disney+ a crescer acima das expectativas e ameaçar o domínio da Netflix. Não obstante, a Netflix continua a liderar o setor quando são justapostas as métricas corretas de subscritores e subscrições em todo o globo.

Assim, no seguimento da notícia prévia publicada pela 4gnews, dando conta do novo plano apoiado em publicidade a ser introduzido pela plataforma da Disney. Tocamos também na comparação de utilizadores / assinantes. É aqui, apontam os responsáveis da Netflix, que reside o erro, passando a elaborar.

Subscrições e não subscritores, o duelo entre Disney+ e Netflix

A vingança é um prato que se serve frio e elas estão GELADAS. 🥶🥶 A Camila Mendes e a Maya Hawke são as psicopatas adolescentes dos teus sonhos em JUSTICEIRAS e chegam a 16 de setembro. 💋 pic.twitter.com/7cNETl5Cxq

— Netflix Portugal (@NetflixPT) 11 de agosto de 2022

Os responsáveis da plataforma de streaming realçam a importância do contexto em que os números de subscrição e subscritores / assinantes foram apresentados nas várias publicações recentes. Desse modo, explicamos melhor esta questão com o intuito de salvaguardar a verdade e prosseguir a nossa missão de informar.

"Na sequência do anúncio dos resultados da Disney, tem havido alguma confusão sobre a dimensão dos nossos respetivos serviços de streaming;

  • Os 221 milhões da Disney referem-se a subscrições e não a subscritores (a métrica que usamos na Netflix nos nossos resultados).
  • Nos EUA, a Disney tem 110 milhões de subscrições entre Disney+, Hulu e ESPN+.
  • Portanto: Os lares com um pacote dos três serviços Disney são contados três vezes (versus os que são contados uma vez como subscritores da Netflix);
  • Os lares que subscrevem ESPN+ e Disney+ são separadamente contados duas vezes (versus as que são contados uma vez como subscritores da Netflix)
  • Toda a informação sobre como contabilizam as subscrições está na página 11 do seu relatório de resultados, (documento PDF).
  • A Netflix continua a liderar a concorrência de streaming em todas as métricas chave: receitas, compromisso e subscritores pagantes.

Netflix continua a liderar em subscrições (e subscritores) com 220 milhões

Os responsáveis de comunicação da Netflix Portugal colocam a ênfase na necessidade de diferenciar entre subscrições e subscritores.

Concretizando, "não se devem comparar os 221 milhões de subscrições da Disney com os nossos (Netflix) 220 milhões de subscritores. A comparação correta seria com os subscritores de streaming não duplicados que a Disney divulga, tal como a Variety já atualizou). Como o CEO do The New York Times explicou, as subscrições estão numa "fasquia" abaixo dos subscritores."

Editores 4gnews recomendam:

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. Ocupa-se com as novidades de tecnologia na 4gnews. Email: ruifbacelar@gmail.com