Netflix: lista de candidaturas de emprego revelam nova estratégia de mercado

Mónica Marques
Comentar

A gigante do streaming pode ter em curso uma nova estratégia de mercado para (re)conquistar assinantes.

A lista de candidaturas de emprego revela que a Netflix procura profissionais com conhecimento em jogos em nuvem para ingressarem nas suas fileiras, numa clara sugestão da aposta que quer fazer neste segmento.

Netflix quer lançar 50 jogos em nuvem até ao fim deste ano

Netflix
Netflix quer entrar no segmento de jogos em nuvem Crédito@Tumisu/Pixabay

A Netflix quer expandir a sua presença no segmento de jogos em nuvem. E para isso está a procura de um profissional com conhecimentos nesta área, em específico, tendo inclusive publicado essa intenção na rede social LinkedIn.

Tal sugere que a gigante de streaming pode ter no horizonte a aplicação de uma nova estratégia do mercado para conquistar (ou reconquistar) assinantes, visto que nos últimos meses tem vindo a perder terreno para outras plataformas como a Disney+.

No entanto, quando questionados sobre os seus planos futuros pelo site TechCrunch, a plataforma respondeu que está sempre “à procura de novos talentos para integrar nas equipas e estamos, de forma contínua, a explorar novas oportunidades de produtos para melhorar a experiência dos nossos utilizadores. Neste momento, não temos mais informações para partilhar”.

A plataforma disponibiliza já jogos mobile, mas não tem exatamente os títulos mais apelativos e, por essa razão, tem avançado de forma lenta neste segmento. Mas parece que a Netflix quer mesmo apostar no segmento gaming e espera chamar mais a atenção desta comunidade com o lançamento de 50 jogos em nuvem até ao fim deste ano.

Por outro lado, de acordo com uma pesquisa efetuada pela Research and Markets, até ao ano de 2030, o mercado de jogos em nuvem deve atingir os 20,94 mil milhões de dólares (aproximadamente 21 mil milhões de euros). Estes dados sugerem que este segmento é, neste momento, uma das melhores oportunidades de negócio para os players do mercado e, pelos vistos, a Netflix não quer ficar de fora desta receita.

Plano de subscrição mais barato da Netflix não exibe publicidade a crianças

Entretanto, já sabemos que a Netflix vai disponibilizar, no início do próximo ano, um plano de subscrições mais barato que estará assente na emissão de publicidade. Estas são as más notícias para os utilizadores adultos da plataforma.

Mas há boas notícias para os mais pequenos. Os conteúdos infantis não vão estar sujeitos à transmissão de anúncios. De acordo com as informações divulgadas, os produtores de conteúdos infantis pressionaram a plataforma de streaming que acabou por ceder e resguardar as crianças de serem expostas a intervalos comerciais.

Foi também avançado que a Netflix não vai abrir espaço publicitário nas suas séries e filmes originais. Pelo menos, durante a primeira vez que o utilizador visualizar este tipo de conteúdo. Caso queira repetir a dose, aí já terá de visualizar o espaço comercial.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.