Netflix: 19 smartphones certificados para conteúdo HD, incluindo o OnePlus 7 e Huawei P30

Vitor Urbano
Comentar

A Netflix não permite que qualquer dispositivo tenha acesso a conteúdo HD (Alta Definição), recorrendo a várias certificações e tecnologias para restringir o acesso a estes conteúdos. Por isso, a empresa atualiza constantemente a sua lista de smartphones certificados tanto para a reprodução de conteúdos HD como HDR.

Na sua mais recente atualização, foram adicionados 19 smartphones à lista de compatibilidade com conteúdos de alta definição. Entre os quais, podemos encontrar o Google Pixel 3a, Huawei P30, OnePlus 7 e também o Razer Phone 2. Além disso, foram também adicionados à lista 6 tablets, incluindo o Honor WaterPlay 8, Huawei MediaPad T5 e o gigante Samsung Galaxy View 2.

Netflix HDR

Causa mais comum para não ser possível ver Netflix em HD

Existem vários motivos que podem resultar na incapacidade do teu smartphone não conseguir reproduzir conteúdos em HD na Netflix. Como é óbvio, precisa de ter um ecrã com resolução HD (ou superior), mas hoje em dia essa já se tornou a resolução mínima na vasta maioria de smartphones.

No entanto, a causa mais usual é a falta de suporte para Widevine L1, a plataforma da Google desenvolvida para proteger os direitos de conteúdo transmitido através da internet. Ainda que o processo de certificação, ou suporte, seja relativamente simples e fácil de obter, muitas fabricantes acabam por misteriosamente 'deixar passar ao lado' a importância do Widevine L1. Deixando os seus utilizadores furiosos.

O caso mais recente relacionado com o suporte para Widevine L1, foi o do Xiaomi Pocophone F1. Muito se falou sobre a sua incapacidade de reproduzir conteúdos HD na Netflix, e também sobre as possibilidades de vir a ser implementado. Depois de uma longa espera, a fabricante acabou por conseguir dar aos seus utilizadores o desejado suporte para Widevine L1.

Mas o que é esta plataforma Widevine DRM?

Widevine é uma das mais antigas plataformas de “Gestão de Direitos Digitais” (DRM), e foi comprada pela Google em 2010. Na sua essência, esta plataforma de segurança impede que conteúdos transmitidos através da internet sejam copiados ou distribuídos de forma ilegal.

De forma a garantir que dispositivos Android não são utilizados para atos de pirataria digital, são várias as empresas que utilizam o Widevine DRM como principal ferramenta de segurança para os seus conteúdos. Entre as mais populares empresas/serviços, podes encontrar a Netflix, Amazon, BBC, Hulu e também o Spotify.

A Widevine DRM está dividida em três segmentos distintos (Widevine L1, L2 e L3), que representam diferentes níveis de encriptação e segurança. Para que os dispositivos sejam capazes de reproduzir vídeos em HD nos vários serviços de streaming, precisam suportar Widevine L1.

Lista completa de novos smartphones certificados pela Netflix

  • Google Pixel 2 e Pixel 2 XL
  • Google Pixel 3 e Pixel 3 XL
  • Google Pixel 3a e Pixel 3a XL
  • Honor Play
  • Huawei P Smart+
  • Huawei P30 e P30 Pro
  • OnePlus 7 e 7 Pro
  • Razer Phone 2
  • Samsung Galaxy A10
  • Samsung Galaxy A20 e A20e
  • Samsung Galaxy A30
  • Samsung Galaxy A40
  • Samsung Galaxy A50

Novidades na lista para conteúdo HDR

Além da atualização de smartphones com suporte para conteúdo HD, também a lista para conteúdo HDR foi atualizada. Como seria de esperar, não foram tantas as novidades. No entanto, podemos encontrar pelo menos uma surpresa nas novas adições.

A partir de agora, os topo de gama Huawei P30, Huawei P30 Pro, OnePlus 7, OnePlus 7 Pro e Razer Phone 2 vão passar a surportar conteúdos HDR na Netflix. Mas, a grande surpresa foi a adição do Honor Play a esta lista.

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.