MWC 2020 foi cancelada devido à ameaça do Coronavírus!

Vitor Urbano
1 comentário

Depois de muitos rumores e de tentarem manter os seus planos intactos a todo o custo, a organizadora da Mobile World Congress não conseguiu evitar o cancelamento da feira tecnológica.

Através de um comunicado oficial publicado hoje, John Hoffman — CEO da GSMA — confirmou que se viram obrigados a cancelar a realização da MWC 2020 que se iria realizar em Barcelona.

MWC 2020 Coronavírus cancelada

Causas para o cancelamento da MWC 2020 são mais que óbvias!

Desde que a primeira fabricante (LG) revelou que iria cancelar a sua presença na MWC devido às grandes ameaças causadas pelo surto do Coronavírus, que a realização do evento começou a ser colocado em questão.

Durante os dias que se seguiram, foram muitas as empresas que revelaram as suas preocupações e cancelaram os seus eventos. Depois de ver a LG, Amazon, Nokia, Ericsson, Sony, Vivo e outras grandes empresas cancelarem os seus eventos, a GSMA não teve outra opção que não fosse cancelar o evento.

Obviamente, esta não foi a motivação revelada no comunicado oficial. Tal como avançou a Reuters, o CEO da GSMA afirmou que a feira tecnológica foi cancelada devido às preocupações causadas pelo surto do Coronavírus.

Luz verde da Organização Mundial de Saúde não serviu para salvar a MWC 2020

Horas antes da decisão ter sido oficializada, a Organização Mundial de Saúde comunicou que não estão de forma alguma o cancelamento de grandes "reuniões de pessoas".

Além disso, também a Presidente da Câmara Municipal de Barcelona — Ada Colau — lançou uma mensagem a tentar eliminar as muitas preocupações, afirmando que não existiam motivos para cancelar a MWC.

É difícil perceber como qualquer um destes comunicados foram publicados de forma oficial, considerando todos os riscos que a MWC 2020 poderia trazer não só para a população espanhola como para o resto da Europa.

Habitualmente, entre os funcionários presentes na feira tecnológica, entre 5 a 6 mil vêm da China, sem contabilizar a grande quantidade de visitantes. Considerando que o epicentro deste surto foi na China, onde já foram contabilizados mais de 44,000 casos e 1,100 mortes, o risco é evidente.

Fabricantes deverão recorrer a eventos online para apresentar os seus produtos

Graças aos grandes avanços tecnológicos dos últimos anos, é possível realizar eventos de grandes dimensões com transmissões exclusivamente online através de diversas plataformas.

Até agora, devido ao Coronavírus, foram já várias as marcas que decidiram recorrer a este tipo de evento para evitar a propagação do vírus. Por exemplo, a Xiaomi irá realizar amanhã a apresentação do novo Xiaomi Mi 10 num "evento online".

Ainda que não tenha sido confirmado por nenhuma das marcas, é muito provável que iremos poder assistir a diversos eventos exclusivamente transmitidos na internet, onde serão revelados os muitos produtos que eram esperados na MWC 2020.

Editores 4gnews recomendam:

1 comentário
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.