Mulheres na tecnologia
Mulheres na tecnologia

Um tema que tem sido cada vez mais frequente porque ainda há poucas mulheres no mundo da tecnologia. Num recente artigo de World Economic Forum sobre “Porque é que que as mulheres deixam o curso de engenharia” ressalta que durante o estágio as estudantes recebiam tarefas menos desafiantes ficando apenas responsáveis por gerir o trabalho e outras funções de “secretária” menos relevantes. Sem as mesmas oportunidades e apoio adequado não é nenhuma surpresa que se comecem a ver mais mulheres a escolher uma carreira diferente.

Vê ainda: Motorola abusa da sorte? Brasil pode ficar sem estes “Moto”

Embora existam inúmeras organizações e eventos que procurem mostrar os benefícios de um ambiente inclusivo para o género. Nenhuma destas intervenções alcançou uma grande escala, pelo que é preciso atrair, contratar e promover mais mulheres na indústria de tecnologia.

   

Porque é que não temos mais mulheres na tecnologia?

Um artigo recente da Harvard Business Review que foi realizado por investigadores do Clayman Institute de Stanford, destaca que a falta de visibilidade é um dos motivos que impede as mulheres de alcançar o topo na sua carreira. Este é apenas um dos factores que estará a impedir que existam mais mulheres na tecnologia.

Mulheres na tecnologia
Porque é que ainda existem tão poucas mulheres na tecnologia?
Crédito- REUTERS/Stephen Lam

Segundo o estudo Lean In\McKinsey, mesmo os empregadores que acreditam e apoiam o género feminino no local de trabalho também gerem e limitam o seu campo de trabalho. De acordo com os analistas, isto é lamentável dado que as mulheres são mais propensas a ser intuitivas, a mostrar empatia e colaborar em todas as áreas do conselho executivo.

Portanto, o que devemos fazer para alterar esta situação ou por onde devemos começar? É preciso ensinar habilidades técnicas às crianças, o que não deve ser apenas uma escolha mas uma necessidade, já que a maioria das profissões basear-se-a ou será dependente da tecnologia. As escolas tem que lhes proporcionar bases e ferramentas para que possam posteriormente seguir uma carreira de tecnologia ou depender dessa mesma base.

É preciso “desmistificar” a tecnologia logo desde tenra idade

A SAP (empresa de origem alemã) que opera no mundo da tecnologia comprometeu-se e obteve 25% de líderes femininas no final de 2017. Criou ainda inúmeras iniciativas para alcançar esse objectivo.

Podemos continuar a falar sobre a falta de mulheres na tecnologia, ou podemos encorajá-las a fazerem parte do mainstream do mundo tecnologia. Para tal, temos que apoiar as suas aspirações, proporcionar boas bases de estudo e objectivos de liderança. Após todas estas realizações é que podemos avançar para o que realmente importa; tomar medidas para equilibrar e criar as mesmas oportunidades para ambos os géneros.

Apesar de ainda termos um grande caminho pela frente até que existam mais mulheres na tecnologia, os principais líderes e CEO’s de várias organizações já começam a perceber o papel e importância de receber mais mulheres onde outrora apenas existia um sexo. A diversidade de pontos de vista e o impacto positivo na comunidade são apenas alguns dos factores que nos dão alento.

Descontos mulheres na tecnologia
Não só no lado do consumo deve ficar a mulher

Aprofundando o tema, as mulheres na tecnologia em média enfrentam maiores probabilidade de perderem o seu cargo do que os homens, de acordo com este estudo. Contudo, são as mulheres que lideram a aquisição de nova tecnologia. Com 70-80% de poder de compra direto ou através de influência, porque é que não temos mais mulheres na tecnologia? Especialmente no lado do produtor, do criador de novas tecnologia e novos produtos.

Sensibilizar para um ambiente de trabalho equitativo

Em última análise, as indústrias e os seus líderes terão que se comprometer para criar mais oportunidades para mulheres e isto começará no recrutamento. A primeira linha de acção passará pelos responsáveis pelos departamentos de recursos humanos pois é de vital importância o seu papel na procura e localização de novos talentos, devendo também apostar na diversidade.

Não bastará, porém, contratar mais mulheres. Seja no mundo da tecnologia ou em qualquer outra área. É necessário criar uma rede de trabalho em que as mulheres possam ver os seus esforços recompensados da mesma forma que os seus colegas masculinos. Passará pela inclusão e pela não obstrução ao avanço nas carreiras das mulheres na tecnologia e áreas conexas. Valorizar o know-how, encarar a diversidade como benéfica e potenciadora de novas ideias. Em suma, sensibilizar para as mais valias de um ambiente de trabalho em que tanto o homem como a mulher possam ver os seus esforços recompensados e as suas ambições atingidas.

Poderão as mulheres na tecnologia alterar todo o paradigma social?

Temos à nossa disposição atualmente um sem-fim de ferramentas que nos permitem saber com exatidão o número de colaboradores masculinos e femininos. Saber quantas mulheres estão em cada cargo. Saber se a nossa equipa de trabalho é maioritariamente constituída por elementos do sexo masculino ou elementos do sexo feminino. Todos esses indicadores podem hoje em dia ser consultados a partir de uma simples App no nosso smartphone. É aqui que a tecnologia pode ajudar a alterar todo um paradigma social.

Já consideraste uma carreira no mundo da Tecnologia?

E se com todo esse conhecimento as empresas e indústrias tentassem perceber onde começa essa tendência que ainda condiciona as mulheres na tecnologia? Sabendo a origem do “problema” seria mais fácil elaborar estratégias para contrariar o atual status quo. Algo tão simples como igualdade nas promoções e remunerações e que ainda agora parece ser uma miragem. Algo que continua a ser bem notório em várias áreas e indústrias.

Não tenhas receio de abraçar este mundo da tecnologia, afinal de contas é o futuro e não nos devemos proibir ou simplesmente desistir só porque à partida teremos uma escada mais dura de subir. Precisamos de mais mulheres na tecnologia.

Outros assuntos relevantes:

Samsung Galaxy Note 7 FE – 3 motivos para adquirir este smartphone

Xiaomi Mi 6 Plus pode já ser lançado no dia 11 de Julho

Capas para o Nokia 9 mostram-nos o seu possível design