A tecnologia é cada vez mais influente nas acções do nosso quotidiano. Vamos no metro a ler as notícias ou enquanto a rápida hora de almoço no trabalho vemos o feed do Facebook, tenho certa impressão que sabes onde quero chegar. Mas em certas pessoas o telefone pode ser a fina linha entre um prejuízo de 30 mil dólares.

Uma mulher (vamos chamar-lhe Maria pode ser?) em Palm Springs nos EUA, mandou o seu carro sem medo para dentro de uma loja AT&T porque a seguradora do equipamento lhe negou um novo smartphone.

   

Vê ainda: Homem entra na Apple Store para destruir uma quantidade de iPhones

Aparentemente a Maria dirigiu-se no dia anterior solicitando um novo iPhone, visto que o ecrã do seu smartphone tinha partido, referindo ainda que “esperava que tudo tivesse resolvido, visto que era o seu aniversário no dia seguinte”.

Pois bem, a Maria lá chegou no dia seguinte para colectar o seu novo iPhone e viu o seu seguro ser negado por alguma razão! Nada melhor do que festejar um dia de aniversário como mandar o carro para dentro de uma loja.

Uma testemunha acabou por gravar um pouco deste momento insólito e devo dizer que em certos momentos já pensei fazer o mesmo com determinadas empresas.

Claro que os funcionários que lá trabalhavam não tinham culpa com o sucedido e acabaram por ficar feridos no processo. Um deles levou com uma estante em cima, outro levou com um limpa vidros no pescoço, visto que a Maria depois de ter entrado com o carro dentro da loja decidiu mandar tudo às favas com o seu amado limpador de vidros.

Parece mentira, mas realmente aconteceu. O gerente da loja afirma que a Maria deveria estar sob influência de algo e logo depois de detida acabou por ser levada para o hospital onde examinaram até ponto a mulher pode sofrer de algum problema mental.

Com esta brincadeira toda a Maria terá uma conta um pouco maior do que o seu plano mensal de chamadas, visto que só os prejuízos da loja chegam aos 30 mil dólares.

Talvez queiras ver:

Xiaomi Mi 6 poderá chegar em três versões diferentes

Galaxy S8 poderá herdar o sensor de íris do Galaxy Note 7

Samsung Galaxy S8: Ecrãs gigantes em telefones “pequenos”