Motorola
E tu, tiveste ou tens algum destes belos Motorola?

A Motorola, entre outras marcas como a Nokia, é um ícone no mercado móvel. Muitos de nós, iniciamos a nossa jornada de smartphones e, antes disso, dos telemóveis com um equipamento desta marca. Por este motivo, Lenovo, actual proprietária da Motorola, decidiu que este é um bom momento para trazer de volta o nome da empresa para reviver assim uma nostalgia com a intenção de se fixar nos EUA. Por isso, de forma a homenagear esta marca, compilamos os smartphones mais míticos da história desta marca. o Motorola StarTac, Motorola V500 Motorola Razr V3, e o Motorola Moto G, Motorola Moto Z.

Vê ainda: TED Talks: Sheryl Sandberg – COO do Facebook e a Igualdade de Género

Os 5 modelos mais marcantes da Motorola

Motorola
StarTac

No dia 3 de Janeiro de 1996, a Motorola decidiu apresentar nos Estados Unidos o StarTac, um telemóvel com um formato inovador, de clamshell(concha), capaz de fechar sobre si mesmo e ocupar menos espaço que a maioria dos seus rivais. A sua importância neste sector reside por ser um dos primeiros Motorolas a incluir algumas características pouco comuns para a época.

   

Entre elas, a inclusão de um motor de vibração que funciona como alerta, caso se recebam chamadas ou a capacidade de usar uma bateria de iões de lítio.

Como é óbvio, não era um telemóvel acessível a todos os consumidores uma vez que o seu preço se situava perto dos 1000 dólares americanos. Este modelo retirou (bastante) inspiração da série televisiva de ficção científica Star Trek.

V500
V500

 

O motorola V500 foi lançado em julho de 2003, este foi o meu segundo telemóvel e a minha paixão durante muitos anos, com muita pena minha avariou devido ao atrito que adveio com o movimento de abrir e fechar do telemóvel. Com este modelo, era tão divertido ter um telemóvel, adorava mandar mensagens aos meus amigos, tirar fotos e personaliza-lo, por outras palavras “torna-lo meu”.

 

 

O Motorola RAZR V3 destaca-se como sendo um dos telemóveis mais populares da empresa. Foi lançado em novembro de 2004, 4 anos antes da introdução do Android, e manteve o formato em concha como o StarTac.

RAZR V3
RAZR V3

Foi um dos primeiros da minha irmã e confesso que adorava o telemóvel, tinha um desenho peculiar e o facto de poder sentir o frio do alumínio na minha mão, tornava-o ainda mais atraente, definitivamente queria um para mim. Destacava-se pelo seu design único, com linhas fortes mas  elegantes no geral. Mas obviamente não passaram de desejos pois já tinha o meu V500.

 

O Motorola Moto G destacou-se por ser muito fluido, durável , interface leve e próxima do Android puro. Especialmente numa altura em que a concorrência usava interfaces pesadas. Em reino de TouchWiz, o Android “quase” puro da Motorola foi uma autêntica brisa de ar fresco e os Moto G’s tornaram-se extremamente populares.

Motorola
Moto Z

Algo que merece especial atenção é o fenómeno Moto Z. Veja-se, por norma as vendas de um determinado equipamento atingem um grande pico logo após o seu anúncio e consequente chegada às lojas. Números que começam gradualmente a abrandar à medida que os consumidores partem para a próxima novidade.

 

O Moto Z é a excepção! Com efeito, as vendas do Moto Z começaram a aumentar com o tempo. De acordo com o presidente da marca, este facto deve-se ao interesse e curiosidade gerada pelos Moto Mods. E em média, cada comprador do Moto Z comprou também, pelo menos, um Moto Mod.

Moto Z

A vantagem desta marca é que podem ser personalizados, ou a sua produtividade aumentada com uma simples capa (Moto Mod). A Motorola precisará de muito investimento e de uma gestão cuidadosa, bem como a Lenovo. Veja-se a sua queda acentuada no mercado dos dispositivos móveis, tendo sido ultrapassada por construtoras chinesas como a Huawei e a Oppo, de acordo com os dados da agência Gartner.

 

A Motorola é uma marca com grande tradição e que outrora simbolizou qualidade e inovação. Descarta-la ou subjuga-la para um lugar secundário foi a pior decisão que a Lenovo poderia ter tomado. Felizmente já se aperceberam do erro, no entanto terão anos de trabalho para que esta marca volte a ser associada à inovação e qualidade premium que outrora a caracterizaram.

Em 2017 teremos novos topos de gama (flagships) da linha Moto Z (os smartphones modulares da Lenovo), novos Moto X 2017 de gama média-alta (sem Moto Mods), novos Moto E e Moto E Plus para o mercado de gama baixa e já todos conhecemos os novos Motorola Moto G5 para o mercado de gama média. A Lenovo está empenhada em recuperar esta mítica marca, resta saber se ainda vai a tempo de o fazer!

Outros assuntos relevantes:

Motorola: 3 novos smartphones estão a caminho

Porque é que utilizadores Motorola Moto são os mais felizes do mundo!

Motorola Moto Z de 2017 já tem nome e logótipo associados