Motorola Razr é um dos smartphones mais difíceis de reparar

Carlos Oliveira
Comentar

A resistência do Motorola Razr foi um dos temos quentes da semana passada depois de um arrojado teste de durabilidade ao equipamento. Agora, é tempo de a conhecida iFixit partilhar as suas opiniões relativamente à reparabilidade deste dobrável.

Os processos de engenharia inerentes a este tipo de equipamentos estão a dar os primeiros passos, por isso é natural que o Motorola Razr não seja fácil de reparar. Ainda assim, a iFixit enaltece o feito de engenharia que este modelo representa.

Motorola Razr obtêm pontuação de 1 em 10 na avaliação da iFixit

Não é de espantar que o Motorola Razr tenha fica no fundo da tabela dos smartphones mais fáceis de reparar. Para a iFixit, este foi o smartphone mais complicado de desmontar que já passou pelas mãos dos seus técnicos.

A Motorola usou uma quantidade enorme de cola no interior do seu smartphone dobrável que dificulta a sua abertura. Mesmo que consigas concluir este processo com sucesso, terás de ter muito cuidado com os cabos interiores que poderão ser facilmente danificados.

Motorola Razr

A complexidade da desmontagem do Razr é tanta que a iFixit está impressionada pelo facto de a Motorola levar apenas 299 dólares pela substituição do seu ecrã. Mais ainda agora que se descobriu que as baterias do smartphone estão presas ao ecrã.

iFixit frisa a pequena falha que existe entre a dobradiça e o ecrã do Motorola Razr

Se já viste vídeos hands-on do Razr, então sabes que quando se fecha o smartphone nota-se uma pequena falha entre a dobradiça e o ecrã. Isso não passou despercebido aos especialistas da iFixit, que advertem para o facto de esta poder ser a porta de entrada para detritos.

Motorola Razr

Se te recordas, um dos problemas que assolou as primeiras unidades do Samsung Galaxy Fold era precisamente a entrada de detritos no seu ecrã. Isto levava a que o ecrã se danificasse com facilidade e se não houver cuidado da parte dos utilizadores, o mesmo poderá acontecer ao Motorola Razr.

Em suma, o Motorola Razr não é um smartphone que devas tentar reparar por tua conta e risco. Aliás, fica no ar a dúvida se valerá a pena mandar reparar este equipamento, portanto, muito cuidado com ele.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.