Motorola Razr 2019: imagens confirmam design! Eis o possível preço e especificações!

Filipe Alves
2 comentários

Depois de rumores e fugas de informação, eis que temos mais uma imagem que nos confirma o design do Motorola Razr 2019. Este novo smartphone da Motorola será um equipamento que nos fará lembrar os telemóveis do passado e nos dará características dos dispositivos do presente.

Tal como o primeiro Motorola Razr, conhecido em Portugal como V3 e V3X, o novo Motorola Razr 2019 chegará com um design de "concha". Ou seja, poderá ser fechado quando não está a ser utilizado.

Motorola Moto Razr 2019

Possíveis especificações do novo Motorola Razr 2019

  • Ecrã 6.2" polegadas
  • Processador Qualcomm Snapdragon 730
  • Memória RAM de 4GB e 6GB
  • Memória interna de 64GB e 128GB
  • Bateria de 2730 mAh

Estas especificações são consideravelmente inferiores aos terminais dobráveis que já foram lançados. Contudo, o preço não deverá ser tão puxado.

Com estas especificações a Motorola conseguirá fazer do Motorola Razr 2019 um dispositivo com um preço mais apelativo. Ainda assim, vale a pena frisar que o alegado preço não será para todas as carteiras.

Motorola Moto Razr 2019

Preço do Motorola Razr 2019

Os rumores falam que o novo smartphone dobrável chegará ao mercado com os valores a rondar os 1500$ (1300€). Ainda que seja um valor alto para um telemóvel com especificações de gama média, temos de perceber que o ecrã não deve ser propriamente barato de se construir.

Quando chegará o Motorola Razr 2019

Espera-se que o novo Motorola Razr 2019 seja apresentado de forma oficial esta próxima semana. Acredita-se, dessa forma, que o dispositivo chegará às prateleiras antes do Natal.

Não temos ideia se Portugal será um dos seus mercados. A Motorola tem investido menos na Europa, porém, este telemóvel merecerá, certamente, de um tratamento diferente.

Editores 4gnews recomendam:

2 comentários
Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.