Motorola Moto Razr 2 ainda não será o dobrável que muita gente espera

Carlos Oliveira
Comentar

O Motorola Moto Razr agitou o mercado dos smartphone dobráveis com o seu formato em concha e que muitos consideram ser a filosofia correta para este tipo de equipamentos. Ainda assim, as suas especificações acabaram por não surpreender.

Para o seu sucessor, parece que a Motorola vai limitar-se a uma atualização incremental das suas especificações. Segundo um relatório da XDA Developers, a empresa continuará a apostar num hardware de gama média.

Especificações do Motorola Moto Razr 2

  • Processador Snapdragon 765
  • 8GB de RAM
  • 256GB de memória interna
  • Câmara traseira de 48MP
  • Câmara frontal de 20MP
  • Suporte para 5G

Moto Razr

O modelo lançado no ano passado veio com o Snapdragon 710, logo a inclusão do Snapdragon 765 é uma melhoria. No entanto, não será o salto que muitos desejariam.

Com este processador, o novo Razr continuará a ser catalogado com um equipamento intermediário. É compreensível que a Motorola o faça para reduzir o preço de venda do equipamento, mas a Samsung já mostrou capacidade de fazer melhor e por menos.

O Galaxy Z Flip foi lançado com um processador topo de gama, câmaras de qualidade e mesmo assim é mais barato que o Razr. Isso fez com que muita gente fugisse do dobrável da Motorola e não me parece que esta ligeira atualização do seu hardware vá convencer.

Novo Moto Razr trará melhores câmaras e bem precisa

Já quanto às suas câmaras, aqui a Motorola deverá fazer umas alterações muito bem-vindas. A inclusão do sensor Sony IMX586 de 48MP oferecerá mais qualidade às fotos tiradas com o próximo Moto Razr. O mesmo pode dizer-se da câmara frontal, que passará a ser de 20MP.

Esta é uma melhoria que não poderia faltar no novo Moto Razr. A qualidade das suas câmaras foi talvez a principal crítica feita ao smartphone e é bom ver que a Motorola está a trabalhar para melhorar esse aspeto.

Ainda não se sabe quando é que será revelado o novo Moto Razr 2. Visto que o primeiro modelo foi apresentado no final do ano passado, é possível que ainda faltem alguns meses até que o seu sucessor seja oficializado.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.