Huawei P9 Lite vs Moto G4
Huawei P9 Lite, um dos favoritos em Portugal

2016 foi um ano repleto de surpresas neste nosso empolgante mundo tecnológico, foi também neste ano que assistimos à consolidação do mercado de Gama Média (até 400€). Um segmento que o Motorola Moto G4, Asus ZenFone 3, Honor 8 e o Huawei P9 Lite ajudaram a cimentar. 

Vê também: Ainda compensa comprar smartphones premium em 2017?

Pela 4gnews passaram inúmeros topos de gama mas devo confessar que a minha preferência assenta, cada vez mais, nas ofertas de gama média. Neste artigo escusar-me-ei a comparar especificações técnicas e pormenores técnicos, focar-me-ei apenas no impacto que cada um destes smartphones gerou nos consumidores.

   

Não creio que seja necessário pagar o preço solicitado pelos smartphones Premium para usufruir de um equipamento capaz de atender as nossas necessidades. Se te contentas com um telemóvel inteligente (smartphone), rápido, fácil de usar, com uma câmara fotográfica decente e atualizações de software garantidas, hoje em dia já encontras inúmeras opções em conta, desde o Motorola Moto G4 até ao Huawei P9 Lite e Honor 8.

Sem querer subtrair mérito aos flagships, aos topos de gama, aos equipamentos premium que se tornaram em objectos de desejo, símbolos de uma posição social ou de um modo de vida. O segmento de topo é um autêntico oásis no que às margens de lucro para as fabricantes diz respeito. Bem sei o quão sedutores estes “tops de linha” conseguem ser apesar de os seus preços continuarem a subir.

Moto G4 e Huawei P9 Lite

Moto G4
Motorola Moto G4

A Motorola, agora sob a direção da Lenovo, conseguiu manter algum do appeal dos primeiros Motorolas. Veja-se o Moto G4 e o Moto G4 Plus que gozam de enorme popularidade no mercado brasileiro graças às suas boas especificações e características, sem abusar do preço.

Entre nós, o equivalente direto será o Huawei P9 Lite, um equipamento que é extremamente popular, seja desbloqueado ou vinculado a alguma operadora. Em comum têm as boas especificações, autonomia de bateria, desempenho geral bastante satisfatório e claro, um preço em conta.

O Huawei P9 Lite pode ser adquirido por pouco mais de 200€ em loja física nacional com recuso às operadoras, ao passo que o Moto G4 custa cerca de 1000 reais no Brasil ou cerca de 200€ nas lojas portuguesas.

Tanto o Moto G4 como o P9 Lite conseguiram cimentar o mercado de gama-média, afastando o estigma de equipamento barato com performance fraca e experiência de utilização frustrante. Ambos merecem a nossa admiração.

Asus ZenFone 3 e Honor 8

ZenFone 3 vs Moto G4
ZenFone 3 Ultra, superior ao Moto G4 Plus

Se o Moto G4 e P9 Lite são duas das melhores opções para um smartphone até 300€, se estiveres disposto a gastar um pouco mais, até ao limite dos 400€, a Asus e a Honor têm duas excelentes opções, o ZenFone 3 e Honor 8, respectivamente.

Os novos ZenFone 3 surpreendem pela sua qualidade de construção e design elegante. Em vidro com uma estrutura metálica o seu toque é frio e bastante premium. Mais uma vez somos surpreendidos com o aspecto deste equipamento, provando que não é preciso pagar uma fortuna para ter um elegante smartphone.

A nível de design, contudo, não creio que existam muitos smartphones mais elegantes do que o Honor 8. Esta sub-marca da Huawei tem conseguido suplantar os Moto G4, P9 Lite, Galaxy A e tantos outros equipamentos de gama média que existem no mercado. Graças às suas linhas suaves e sofisticadas, é um dos smartphones mais bonitos da atualidade.

Honor 8 vs Moto G4
Honor 8, o melhor gama média de 2016

Conseguirá a Motorola repetir a proeza do Moto G4 com o Moto G5? E as restantes marcas?

2017 ainda agora começou mas está na altura de começarmos a prestar atenção aos futuros desígnios destas marcas que tantos consumidores movem.

Se 2016 foi um ano de ouro para o Moto G4, e até mesmo para o Moto G4 Plus, a alternativa da Huawei com o seu P9 Lite, da Asus com o ZenFone 3 e tantos outros pretendentes colocam bastante pressão sobre a Lenovo e o futuro permanece incerto para esta família Moto G.

Por seu lado a Huawei continua a crescer a olhos vistos no mercado europeu, podendo também expandir a sua esfera de influência para o mercado sul-americano sempre ávido de um bom negócio. O Huawei P9 Lite foi uma das melhores surpresas do ano e o futuro afigura-se promissor para esta construtora chinesa.

A Asus tem criado um vasto leque de fãs, um pouco por todo o globo, sendo o mercado brasileiro um dos principais bastiões para o ZenFone 3 enquanto que o mercado português só agora é que se está a inteirar das capacidades deste belo equipamento.

A Honor ganhou o Prémio 4gnews de melhor smartphone de gama-média para 2016 graças ao seu Honor 8. O futuro, esse é escusado dizer que se afigura brilhante para esta sub-marca da Huawei.

Moto G4 chega para o essencial?

Motorola Moto G4
Motorola Moto G4

Sim, conseguiria fazer o meu dia-a-dia normal com um Motorola Moto G4 ou mesmo o Moto G4 Plus, apesar de já não gostar tanto do seu tamanho, tampouco ficaria mal servido com este “gigante”.

Em suma, os smartphones de gama média já nos proporcionam uma experiência gratificante em todos os aspectos. Claro, não podemos esperar resultados fotográficos semelhantes aos topos de gama que custam 3 ou 4 vezes mais do que o nosso Moto G4, o nosso P9 Lite, Honor 8 ou ZenFone 3.

É um segmento de mercado que me tem cativado bastante, sobretudo porque é aqui que vemos os parâmetros a que cada construtora dá mais valor. Quando o orçamento não é ilimitado cada marca tem que tomar algumas decisões, incluíndo alguns elementos e deixando outros de fora.

E para ti, qual destes smartphones de gama média mais te atrai? Moto G4, P9 Lite, Honor 8 ou ZenFone 3?

Talvez queiras ver:

LG G6: Mais um vislumbre do próximo flagship da LG

Galaxy S8 e LG G6 poderão vir equipados com um dissipador de calor

São duas as razões para a bateria do Samsung Galaxy Note 7 explodir

Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).