MIUI: Xiaomi confirma a apresentação de publicidades nos seus terminais

Filipe Alves

MIUI: Xiaomi confirma a apresentação de publicidades nos seus terminaisAinda hoje a Xiaomi foi falada por boas razões. Depois de nos ter revelado os novos terminais Mi 8 Pro e Mi 8 Lite, eis que conversa sobre a MIUI saltou à baila.

A MIUI, ROM da Xiaomi para a maior parte dos seus equipamentos, é amada por muitos. O User Interface é limpo, elegante e dá-nos funcionalidades de qualidade.

Vê ainda: Pocophone F1 ou um topo de gama mais antigo? Qual o melhor?

A Xiaomi pode até ser uma das maiores vendedoras de smartphones do mundo, porém, é bom não esquecer que a marca começou o seu negócio na construção de ROM's para Android. A MIUI é o seu primeiro produto e um dos mais importantes da Xiaomi.

Contudo, nem tudo é um mar de rosas. Visto que a empresa asiática vende os seus equipamentos a baixo preço, a fabricante precisa de ir buscar dinheiro a outros locais. Na China, consegue fazer dinheiro com a sua App Store, lembro que a Google Play Store não está disponível nesse país. Contudo, para fora do mercado asiático não há muito por onde fazer dinheiro a não ser em produtos. Isto porque a maior parte dos serviços não está disponível.

Xiaomi MIUI é uma das melhores ROM's para Android neste momento

Por isso é que a Xiaomi inclui em alguns dos seus smartphone publicidades. Estas publicidades são cuidadas e não querem interferir com a utilização do smartphone, todavia, não deixam de ser publicidades.

Atenção que não estou a falar de Shop ROM's. Já discutimos deste assunto anteriormente e se nunca ouviste falar sobre as Shop ROM's tens de perceber o que se passa aqui.

Estamos a falar da Xiaomi implementar publicidades nos seus equipamentos mesmo com as ROM's oficiais. Quando um utilizador foi para o Reddit reclamar sobre a situação, a questão tomou proporções maiores. O utilizador referiu que mesmo depois de desativar a funcionalidade "recommendations" nas opções as publicidades continuavam a aparecer.

Exemplo da publicidade

O The Verge contactou a Xiaomi a pedir esclarecimentos sobre a situação e a resposta foi clara, a publicidade é uma das formas de manter os produtos a baixo custo.

“A publicidade foi e continuará a ser parte integrante dos serviços de Internet da Xiaomi, um componente chave do modelo de negócios da empresa. Ao mesmo tempo, preservaremos a experiência do utilizador oferecendo opções para desativar os anúncios e aprimorando constantemente nossa abordagem em relação à publicidade, inclusive ajustando onde e quando os anúncios são exibidos. A nossa filosofia é que os anúncios não devem ser intrusivos e os usuários sempre têm a opção de receber menos recomendações.”

Compra produtos da marca a bons preços aqui

Não sou contra publicidades, aliás, a 4gnews vive de publicidades. Se as pessoas querem um serviço grátis terão de esperar dar algo em troca. (Por isso ajuda-nos a crescer desativando o Adblock)

Não gosto é quando uma empresa nos faz pagar por um produto e mesmo assim nos dá este tipo de problemas para resolver. A Samsung é uma das que também faz isso nos seus terminais de entrada. As "sugestões" de instalações de aplicações de limpeza que só pioram a utilização do equipamento.

Podíamos pelo menos ter uma opção em pagar algum valor extra à Xiaomi na compra do equipamento. Era uma das formas de não ter este tipo de problema. Mesmo assim, a maior parte dos utilizadores da MIUI não tem este problema. Esperemos que assim continue.

Editores 4gnews recomendam:

Xiaomi apresenta um casaco inteligente bastante elegante

Redmi Note 6 Pro já está à venda mesmo sem ser apresentado

Mi Box 4 chegará aos mercados internacionais como Mi Box S

Fonte | Via

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.