MIcrosoft vai afinal permitir a instalação do Windows 11 em PC´s antigos

Carlos Oliveira
Comentar

Quando a Microsoft anunciou o Windows 11, em junho passado, gerou-se uma polémica em razão dos requisitos mínimos para a instalação. Observando essa lista, notou-se de imediato que milhões de computadores iriam ficar sem o novo sistema operativo.

Hoje, contudo, a Microsoft vem confirmar que, afinal, será possível instalar o Windows 11 em computadores até agora considerados incompatíveis. Todavia, a empresa desaconselha esta alternativa.

Poderás instalar o Windows 11 em máquinas antigas com um ficheiro ISO

Tal como anunciou um porta-voz da Microsoft, será possível instalar o Windows 11 em máquinas menos recentes. Para tal, o utilizador terá de descarregar um ficheiro ISO e fazer a instalação do software manualmente.

Windows 11

A instalação manual do Windows 11 poderá ser feita através da ferramenta Media Creation Tool. Deste modo, a empresa americana retirará o bloqueio a milhões de computadores que até agora eram considerados incompatíveis.

Em rigor, qualquer computador com processador de 64-bit com dois núcleos de processamento, TPM 1.2, 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento poderá instalar o Windows 11. Não obstante, será uma tarefa desaconselhada pela própria Microsoft.

A empresa sediada em Redmond dará esta possibilidade a pensar nas empresas que queiram experimentar o Windows 11 e para os utilizadores mais aventureiros. Porém, deverão fazer esta instalação por sua conta e risco.

Ficou igualmente esclarecido que os requisitos mínimos do Windows 11 irão aplicar-se à instalação do sistema operativo pelo Windows Update. Só quem tiver um PC que cumpra com as imposições da Microsoft poderá receber o novo software de forma automática.

Instalação manual estará mais propensa a instabilidade

Certamente muitos utilizadores ficarão agradados com esta notícia, porém, importa sublinhar os riscos inerentes. Tal como a Microsoft aponta, a instalação do Windows 11 em modelos incompatíveis ficará mais propensa a erros e instabilidades.

Segundo os dados da empresa americana, este método alternativo terá mais 52% de possibilidade de erros no kernel do Windows. Por comparação, uma instalação oficial conta apenas com 0,2% de hipótese de anomalias.

Apesar desta notícia, a Microsoft não irá alterar a lista oficial de requisitos mínimos para o Windows 11. A presença de um módulo TPM 2.0 e um processador Intel Core de oitava geração continuará nessa lista.

Editores 4gnews recomendam:

Windows 11 já corre em pleno neste smartphone Xiaomi Mi 8

Windows 11: atualização chegará a estes portáteis Xiaomi Mi Notebook e RedmiBook

Novos MacBook Pro de 14 e 16 polegadas oferecerão o mesmo desempenho

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.