Microsoft obtém licença para continuar a negociar com a Huawei

Bruno Coelho
Comentar

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos aprovou o pedido de licença da Microsoft para a continuidade dos negócios com a Huawei. Isto significa que a Microsoft pode atuar como antes com a empresa chinesa.

Segundo confirmou um porta-voz da Microsoft à Reuters, a Microsoft está autorizada a exportar software em massa para a Huawei. Embora não hajam detalhes do que a licença permite, a Microsoft estará apta para negociar os seus produtos livremente com a fabricante chinesa a partir de agora.

Huawei Matebook X
Este é o Huawei Matebook X

Portáteis da linha Matebook estão a salva com esta licença

Estas são boas notícias para o desenvolvimento de produtos como a linha de portáteis Matebook da Huawei. De recordar que o Departamento de Comércio dos Estados Unidos tinha prometido em julho dar licenças especiais a quem quisesse continuar a negociar com a Huawei.

A condição é que os componentes ou software que sejam negociados “não sejam uma ameaça para a segurança nacional dos Estados Unidos”. Espera-se que em breve mais empresas americanas possam também receber este tipo de licença.

Espera-se que a Google também obtenha esta licença

A mais mediática de todas elas é a Google. Os smartphones são uma das grandes caras da Huawei enquanto marca, e poder continuar a negociar com a Google é algo que será visto como uma das prioridades.

Para bem do mercado, espera-se que este seja apenas o primeiro passo para uma solução que agrade a todas as partes. Pelo que cresceu nos últimos anos, a Huawei é uma marca que faz falta ao mercado mobile, e claro, com serviços Google.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Ultimate Team é o seu atual saco de boxe, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.