Microsoft garante que continuará a suportar os computadores da Huawei

Carlos Oliveira
Comentar

Em declarações à PCWorld, um porta-voz da Microsoft garante que os computadores Huawei continuarão a receber suporte da parte da empresa norte-americana.

A Huawei foi recentemente impedida de negociar com empresas norte-americanas. Apesar da incerteza que a decisão do governo americano trouxe, há pelo menos um empresa que continuará dar suporte aos equipamentos da empresa chinesa.

Computadores da Huawei continuarão a receber atualizações para o Windows

Aquilo que a Microsoft vem agora declarar é que todos os computadores que a Huawei tem no mercado continuarão a receber atualizações importantes para o Windows. Todas as melhorias e correções que a Microsoft lançar para o Windows 10 estão garantidas.

Embora o Departamento do Comércio americano tenha impedido negociações com a Huawei, a Microsoft acredita que poderá continuar a oferecer o seu suporte. Estas declarações vêm assim coincidir com o que a tecnológica chinesa afirmou há poucos dias. Aí, e Huawei garantiu que todos os seus computadores e smartphones Android continuariam a receber atualizações.

Intel também continuará a suportar os computadores da Huawei

A Intel é outra das empresas americanas que tem fortes ligações com a Huawei. Os seus processadores têm sido utilizados nos computadoras da chinesa e o seu suporte também parece estar garantido.

Também a Intel confirmou à PCWorld que continuará a disponibilizar correções de segurança à Huawei. Os drivers necessários ao funcionamento do seu hardware também continuarão a ser disponibilizados.

Futuros equipamentos podem, ainda assim, estar em risco

O grande problema parece residir mesmo naquilo que o futuro reserva para a Huawei. A decisão de Donald Trump irá assim ter implicações em futuros dispositivos.

A Huawei está impedida de comprar novo hardware junto de empresas dos EUA: Assim, tornar-se-á impossível à chinesa adquirir novos processadores, novas placas gráficas ou mesmo novas versões do Windows.

isso teve já repercussões no departamento de informática da tecnológica chinesa. Segundo o que foi avançado, a Huawei terá suspendido o desenvolvimento de novos computadores. Uma medida que certamente será revertida no caso dos EUA levantarem as sanções aplicadas à Huawei.

Comentar
Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.