Meta: já sabemos quando chega o tão ansiado headset de Realidade Virtual

Mónica Marques
Comentar

Depois de muito se falar sobre o assunto, eis que a Meta acaba com os rumores e anuncia a data em que vai revelar o seu headset de Realidade Virtual.

O grande momento será em outubro deste ano, durante a conferência Meta Connect. O anúncio foi feito pelo próprio Mark Zuckerberg que partilhou alguns exemplos do que é possível fazer com o dispositivo.

Meta vai revelar o seu headset de Realidade Virtual em outubro

Numa entrevista no podcast Experience de Joe Rogan (disponível na plataforma Spotify), Mark Zuckerberg revelou que o headset de Realidade Virtual da Meta será apresentado oficialmente durante o mês de outubro, possivelmente na conferência Meta Connect.

Apesar de não ter revelado o nome do equipamento, o CEO da Meta desvendou alguns dos seus recursos que sugerem que o dispositivo seja o mesmo do Project Cambria. Segundo Zuckerberg, o headset vai estar equipado com capacidades de rastreamento ocular e facial, o que irá permitir estabelecer “contacto visual na Realidade Virtual”.

Na prática, o headset da Meta vai rastrear o rosto do utilizador e reproduzir as suas expressões faciais, em tempo real. Por outras palavras, se o utilizador sorrir ou franzir o sobrolho, por exemplo, o seu avatar também o fará.

Meta headset Realidade Virtual
O headset de Realidade Virtual será revelado em outubro Crédito@Meta

Zuckerberg explicou também que o novo dispositivo poderá melhorar a comunicação não verbal e conferir ao utilizador a sensação de que, durante uma videochamada, está efetivamente com o seu interlocutor. “Para mim, a Realidade Virtual consegue convencer o cérebro de que estamos presencialmente em frente ao nosso interlocutor”, acrescenta.

Infelizmente, o segredo é a alma do negócio e Mark Zuckerberg não revelou mais nenhum pormenor. Mas até outubro, o novo equipamento Meta promete fazer “correr muita tinta” no mundo Web.

Entretanto, outros rumores relacionados com este headset avançaram já que o equipamento pode chegar ao mercado com um custo de 799 dólares, ou seja, aproximadamente 800 euros. A confirmar-se esta informação, a Meta terá um dispositivo bastante mais acessível que a Apple já que o headset vindo de Cupertino poderá ter um custo acima dos 1.500 euros.

Recorde-se que o Facebook alterou o seu nome para Meta para reforçar o novo conceito e estratégia da empresa focada no universo metaverso.

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.