Meta, ex-Facebook, e Microsoft juntam esforços para facilitar trabalho a todos os utilizadores

Mónica Marques
Comentar

A Meta, anteriormente conhecida por Facebook, anunciou que está a preparar a sua aplicação Workplace para ser integrada com a plataforma Teams da Microsoft.

A nova parceria entre as duas empresas visa permitir aos utilizadores partilharem informações, de uma forma mais eficiente e rápida, entre as duas plataformas.

Meta Workplace e Microsoft Teams com integração para partilha de informações

Introducing our integration with @MicrosoftTeams. Employees can stay up-to-date on important information and have opportunities for company-wide feedback and engagement all without needing to switch apps.Learn more 👉 https://t.co/XJIMQ9owsE pic.twitter.com/HnNM2sJrfh

— Workplace from Meta (@WorkplaceMeta) 10 de novembro de 2021

A Microsoft e a Meta juntaram-se numa parceria e os resultados acabam de ser anunciados: as plataformas Teams e Workplace vão disponibilizar a opção de integração e, dessa forma, vão permitir que os utilizadores partilhem informações entre as duas aplicações, sem necessidade de "saltarem" de uma plataforma para a outra.

De acordo com as duas gigantes tecnológicas, com esta integração, os utilizadores vão ter uma experiência mais eficiente e produtiva, uma vez que permite que sejam feitos comentários e reações nas reuniões, em tempo real, sem existir a necessidade de mudar de uma plataforma para a outra.

Especificamente na plataforma Teams, a Microsoft vai permitir que os utilizadores tenham acesso ao Workplace da Meta, através de uma app dentro do Teams. Esta aplicação pode ser fixada na barra de navegação do Teams e vai incluir uma página inicial com o conteúdo do Workplace. Por outro lado, os administradores do Teams podem também marcar um conteúdo como importante e exibi-lo posteriormente na app Workplace.

Meta Workplace
Meta Workplace com integração no Microsoft Teams Crédito@Meta

Videoconferências Teams no Meta Portal

E a plataforma Teams vai chegar ao Meta Portal em dezembro deste ano, para permitir que os utilizadores façam videoconferências no Teams. No início do próximo ano, será ainda possível fazer o live stream de reuniões que decorram no Teams na aplicação Workplace.

Para já, as empresas que recorrem ao Teams e Workplace podem já testar gratuitamente a integração, à exceção da funcionalidade de stream de reuniões que só estará disponível em 2022.

Tanto a Microsoft como a Meta já fizeram saber que estão a concentrar esforços e a investir no universo metaverso, o que as torna rivais. Mas com o anúncio desta parceria, possivelmente podemos ver ambas as gigantes norte-americanas a colaborar para que tenhamos boas novidades na realidade virtual, num futuro próximo talvez.

Editores 4gnews recomendam:

Mónica Marques
Mónica Marques
Como jornalista de tecnologia assistiu à chegada do 3G e outros eventos igualmente inovadores no mundo hi-tech ao longo de mais de 20 anos de carreira.