Mesmo sem MWC Huawei vai apresentar o seu segundo smartphone dobrável, Huawei Mate Xs

Filipe Alves
Comentar

Os fabricantes foram surpreendidos com o cancelamento do Mobile World Congress, uma das maiores conferências do mundo no setor mobile. Assim sendo, a Huawei, tal como outros, viram os seus planos adiados.

Contudo, parece que nem esse cancelamento atrasará o próximo smartphone dobrável da marca. Ao que parece, a Huawei revelará o Huawei Mate Xs já na próxima semana e teremos melhorias consideráveis face o primeiro modelo dobrável.

Huawei Mate Xs e as melhorias a esperar

Huawei Mate Xs

Um ano passou desde o lançamento do primeiro smartphone dobrável da Huawei e, como é de esperar, as melhorias estão prestes a chegar. O novo Huawei Mate Xs não deverá trazer um design muito diferente, porém, espera-se melhorias consideráveis.

  • Melhor processador (Kirion 990)
  • Melhor ecrã (no dobrável é extremamente importante)
  • Bateria que carrega com 65W
  • Tecnologia 5G
  • Melhorias na "dobra" do dispositivo

Os serviços Google continuarão ausentes

A Huawei deverá tomar esta apresentação para esclarecer o estado da sua App Gallery, concorrente à Google Play Store. Lembro que empresas americanas estão proibidas pelo seu governo de fornecer produtos ou serviços à Huawei.

Assim sendo, este será também mais um smartphone sem Google Play Store e todas as aplicações da Google.

O que mais esperar do evento da Huawei

Evento Huawei

Mas não nos parece que o smartphone será o único gadget a ser revelado. Espera-se que a Huawei solte uma enorme quantidade de gadgets para o mercado. Entre eles, computadores, tablets e gadgets IoT (internet das coisas).

Falta pouco para a apresentação que está marcada para o dia 24 de fevereiro. Ainda não temos ideia se transmitirão em direto, porém, ficaremos atentos a tal.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.