MEO e NOS sobem os preços em 2020! Vodafone e NOWO continuarão iguais

Filipe Alves
3 comentários

Más notícias para todos aqueles que tem os serviços da MEO e da NOS instalados em casa. Segundo o Jornal de Negócios os preços dos serviços das empresas subirá em 2020. O mesmo não acontecerá na Vodafone e NOWO.

Infelizmente ainda não foi especificado que tipo de serviços serão afetados. Temos apenas a informação que alguns dos serviços da MEO e NOS terão um "acerto" nos valores para 2020.

ANACOM continua a criticar os preços das operadoras

MEO NOS subir preços

A ANACOM, Autoridade Nacional de Comunicações, já criticou os valores dos operadores portugueses. Segundo os seus estudos, os valores praticados pelas operadoras portuguesas estão acima da média europeia. Não deixa de ser caricato, porque os salários médios portugueses estão bem abaixo da média europeia.

Quanto subirá o valor da MEO e da NOS

Segundo o Jornal de Negócios, que cita uma fonte oficial da MEO, a “atualização de preços em tarifários/pacotes de mensalidade, com efeitos a 1 de Janeiro de 2020, de acordo com o previsto contratualmente” (...) “aumento será calculado com base no Índice de Preços do Consumidor, publicado anualmente pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), “no valor mínimo de 50 cêntimos, com IVA incluído”.

Já na NOS “os preços de alguns serviços serão atualizados, conforme previsto nas condições de serviço, em 1%”. Mais uma vez, não referindo em concreto quais os serviços a que estes aumentos terão influência.

Vodafone e NOWO serão mais competitivas

Vodafone e NOWO serão mais competitivas

Com estes aumentos a Vodafone e a NOWO preparam-se para ser mais competitivas em 2020. As empresas tem melhorado consideravelmente os seus serviços e com um valor inferior ao da concorrência têm tudo para crescer ainda mais no próximo ano.

Em suma, está a ficar na hora das operadoras olharem de forma atenta para o seu público. Compreendo que o serviço requer manutenções e que as faturas dos clientes são a principal fonte de rendimento que paga os investimentos, porém, como visto pela ANACOM, os valores são acima da média europeia e temos de considerar o custo de vida dos portugueses.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.