Mensagens Google: a funcionalidade que não sabias que precisavas

Bruno Coelho
Comentar

Se és um ávido utilizador da app Mensagens Google (Google Messages) no Android, sabes que esta tem recebido muitas novidades nos últimos meses. Uma destas deu mesmo (finalmente) a possibilidade de agendar mensagens a enviar para os teus contactos.

As várias análises ao código da aplicação revelam que em breve chegarão mais funcionalidades úteis, como a possibilidade de usar o ecrã dividido em tablets. Mas há outra que agora saltou à vista.

Conversas fixadas vão chegar às Mensagens Google

O XDA-Developers analisou a mais recente versão da app disponível na Google Play Store (8.1.050). No código desta é possível encontrar referências para a introdução de “conversas fixadas”.

App Mensagens Google vai deixar que afixes as tuas conversas preferidas. Crédito: XDA-Developers

Esta é provavelmente a funcionalidade que não sabias que precisavas, e dará muito jeito no futuro. Isto porque, como podes ver nas capturas de ecrã, vais poder fixar até três conversas.

Dessa forma, será mais fácil manteres as conversas que mais interessam no topo do ecrã. E é bom referir que o número de conversas fixadas ainda pode sofrer alterações até a novidade chegar a todos os utilizadores.

A fonte refere ainda que foram encontradas referências à possibilidade de marcar mensagens como preferidas. Dessa forma, seria possível pesquisar por estas no futuro, caso desejasses.

Tal como referimos acima, deves ter em conta que estas novidades foram encontradas após análise ao código da app Mensagens Google. Ainda não foram disponibilizadas para todos os utilizadores, devendo acontecer em breve.

A app Mensagens está disponível para download na Google Play Store para equipamentos Android.

Editores 4gnews recomendam:

  • Vodafone adianta-se à MEO e NOS com oferta para os clientes
  • Chrome para Android: ativa agora mesmo o novo design no browser!
  • Xiaomi Redmi Note 10 Pro 5G é oficial: detalhes de topo a preço impecável
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.