Mensagens Android: vais adorar a novidade que a aplicação está prestes a receber

Filipe Alves
Comentar

Se és daqueles que utiliza aplicação Mensagens Android (também conhecida como Mensagens Google) no teu smartphone, terás uma novidade que certamente gostarás.

A aplicação tem evoluído nos últimos tempos e cada vez mais é uma opção válida para muitos utilizadores que querem uma caixa de mensagens mais inteligente e capaz.

Mensagens Android categorizará as mensagens como o Gmail

Mensagens Android

De uma forma simples, a aplicação de Mensagens Android começará a categorizar as mensagens recebidas. Algo idêntico ao que vemos no Gmail da Google.

Ou seja, a caixa de mensagens ficará divida entre mensagens relevantes e aquelas que são pura publicidade. Terás ainda categorias de transações (de compras que tenhas feito) e uma categoria de códigos OTP (aqueles que recebes para autenticar a uma App do banco por exemplo).

Dessa forma a caixa de mensagens não ficará cheia de informações e mensagens que não queres saber. Aliás, chegou-se a falar que a Google iria começar a apagar de forma automática as mensagens OTP de forma a não encher uma caixa de mensagens importante.

Quando é que a novidade chegará à aplicação de Mensagens Google

Mensagens Google

Ainda não há informações concretas de quando é que a novidade chegará a todos os utilizadores. Sabemos apenas que alguns utilizadores já receberam a novidade.

Ou seja, é plenamente plausível imaginar que a atualização chegará a todos em breve. Ao que parece, é uma atualização de servidor. Isto é, nada precisas de fazer para receber o update.

Em suma, é bom ver a Google a evoluir consideravelmente a sua aplicação. Há muitas Apps de mensagens, porém, a App Mensagens Google continua na vanguarda.

Editores 4gnews recomendam:

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.