Mensagens Android: app fica mais segura com nova funcionalidade

Bruno Coelho
Comentar

O anúncio foi feito pela Google em novembro, e começa agora a chegar aos primeiros utilizadores. A app Mensagens Android (ou Mensagens Google) começou a receber uma das funcionalidades mais pedidas: encriptação ponta a ponta.

Esta novidade já começou a chegar a alguns utilizadores que usam a app de mensagens. Promete tornar a sua utilização mais segura, e faz com que o conteúdo das tuas conversas não seja lido por mais ninguém além de ti, e da pessoa a quem mandas a mensagem.

Segundo refere o 9to5Google, primeira a encriptação ponta a ponta vai ficar ativa em conversas de apenas uma pessoa para outra. E esta será ativada automaticamente, sem que tenhas de realizar nenhuma ação

Tal como podes ver nos exemplos abaixo, assim que a funcionalidade estiver ativa, vais ver um símbolo de cadeado ao lado do título das tuas conversas. Quando envias uma mensagem, o símbolo de segurança também ficará visível.

Encrypted RCS messages has started rolling out to people who are on Google Messages Beta. @AndroidPolice @ArtemR @derekmross #RCS pic.twitter.com/m7LnPdTRYJ

— ᴊᴜʟɪᴏ ツ (@DaX05) 7 de dezembro de 2020

Por enquanto deves ter em conta que esta funcionalidade apenas está disponível para alguns utilizadores beta. Isso significa que mesmo que instales a versão de testes, não garante que vás imediatamente ter acesso a esta.

O objetivo da Google é trazer “mais segurança às conversas”, e esta novidade deve ficar disponível para todos os utilizadores da app durante o próximo ano. Assim que ambos os utilizadores estiverem habilitados a tal, irás receber uma mensagem a indicar que a novidade está disponível no teu dispositivo.

Editores 4gnews recomendam:

Bruno Coelho
Bruno Coelho
O Nokia 3650 foi o primeiro grande mergulho no mundo tecnológico. Se o Football Manager e o cinema são dois dos seus escapes, o Macbook Pro é o melhor amigo. Escrever sobre tecnologia é o processo natural na vida de alguém que come especificações ao pequeno-almoço.