Mensagens Android: aceder às mensagens recebidas passará a ser bem mais rápido

Carlos Oliveira
Comentar

O pessoal da XDA Developers descobriu uma nova funcionalidade na aplicação Mensagens Android que rapidamente nos relembra o Facebook Messenger. Em breve, a funcionalidade bolhas chegará a esta aplicação.

As "bolhas" foram introduzidas pela Google na segunda beta do Android 10. Contudo, esta funcionalidade não chegou à versão final do sistema operativo, estando agora prevista para chegar com o Android 11.

Ainda assim, Mishaal Rahman foi capaz de ativar esta função na mais recente versão da aplicação Mensagens Android. Isto significa que, há semelhança do que acontece com o Facebook Messenger, todas as mensagens que recebas poderão ser acedidas através de uma bolha flutuante.

Terás direito a uma pré-visualização da mensagem recebida

Sempre que recebas uma nova mensagem, aparecerá uma pré-visualização do seu texto. Esta pré-visualização irá perdurar no ecrã por alguns segundos, dando lugar a um ponto de notificação.

Mensagens Android bolhas
Créditos: XDA Developers

Ao carregar na bolha, terás acesso imediato a toda a conversação mantida com aquele contacto. Para fechar essa conversão, basta arrastar a bolha para o fundo do ecrã em direção ao "X".

Funcionalidade "bolhas" requer o Android 10 instalado

Segundo o que está a apontar a XDA Developers, esta função só poderá ser ativada caso tenhas o Android 10 instalado no teu smartphone. Se for esse o caso, terás de dirigir-te a Definições - Opções de programador - Bolhas.

Depois de ativada, poderás habilitar / desabilitar esta função diretamente nas definições da aplicação Mensagens Android. Neste caso, a opção que escolheres só terá feitos práticos nesta app.

Ainda não sabemos quando é que a Google disponibilizará esta funcionalidade a todos os utilizadores da Mensagens Android. Assim que tudo estiver pronto para chegar aos utilizadores, mais pormenores sobre a funcionalidade deverão surgir.

Editores 4gnews recomendam:

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.