Por mais funcional que seja o router que recebe Internet e serve de base à tua rede sem fios, há sempre aqueles pontos da casa aos quais o sinal não chega, certo? A solução pode estar num dos melhores repetidores Wi-Fi que apresentamos neste artigo, neste caso com preços abaixo de 150 euros.

Estes dispositivos de rede são uma opção relativamente barata para ampliar o alcance Wi-Fi em casa de forma absoluta (aumentando a área de cobertura linearmente), algo absolutamente essencial para quem tem uma casa maior, com vários pisos, ou para quem deseja estender o sinal ao jardim, por exemplo.

Por outro lado, o objetivo é também “preencher” com sinal de rede sem fios os pontos específicos onde o sinal não está disponível ou é mais fraco, por uma ou outra razão. E o melhor é que praticamente todos os dispositivos são plug and play, sendo bastante fácil de instalar e inserir na rede sem fios já existente.

Os melhores repetidores Wi-Fi (abaixo de 150 euros)

Netgear EX6110

repetidores wifi

  • Standards de rede suportados: 11ac/b/g/n
  • Velocidade anunciada: até 1.200 Mbps
  • Bandas de rede: 2,4 GHz (300 Mbps) e 5 GHz (867 Mbps)
  • Número de antenas: 1 (interna)
  • Segurança: WPS, WPA/WPA2, WPA-PSK, WEP
  • Portas LAN: Não disponíveis
  • Preço: desde 52 euros

O EX6110 da Netgear é um dos mais compactos repetidores Wi-Fi, com 72,5 x 72,5 x 64,8 mm (152 gramas), e apresenta um design para ligação direta a uma tomada elétrica (sem passagem).

Sendo uma opção bastante acessível em termos de preço, é bom saber que um LED indica qual a melhor posição na rede doméstica e que a tecnologia FastLane serve para gerir a ligação entre as bandas de 2,4 e 5 GHz.

TP-Link RE365

repetidores wifi

  • Standards de rede suportados: 11ac/b/g/n
  • Velocidade anunciada: até 1.200 Mbps
  • Bandas de rede: 2,4 GHz (300 Mbps) e 5 GHz (867 Mbps)
  • Número de antenas: 2 (externas)
  • Segurança: WPS, WPA/WPA2, WPA-PSK, WEP
  • Portas LAN: 1 (10/100)
  • Preço: desde 55 euros

O TP-Link RE365 apresenta o mesmo design de ligação à tomada elétrica, mas com uma passagem que faz com que possamos utilizar essa tomada normalmente. Ao procurarmos a posição certa temos também o apoio de uma luz LED e a app Tether ajuda a gerir a ligação como um todo. Maior que o modelo anterior (125 x 70 x 77 mm), mas com porta Ethernet e duas antenas externas.

D-Link DAP-1620

repetidores wifi

  • Standards de rede suportados: 11ac/b/g/n
  • Velocidade anunciada: até 1.200 Mbps
  • Bandas de rede: 2,4 GHz (300 Mbps) e 5 GHz (867 Mbps)
  • Número de antenas: 2 (externas)
  • Segurança: WPS, WPA/WPA2, WPA-PSK, WEP
  • Portas LAN: 1 (10/100/1000)
  • Preço: desde 69 euros

O repetidor de sinal D-Link DAP-1620 conta com a ajuda da app gratuita QRS para a instalação e gestão, integrando um botão WPS para sincronização automática com a rede sem fios instalada (desde que haja compatibilidade), tal como acontece com todos os modelos neste conjunto. Sem passagem de tomada elétrica, mas com porta Ethernet Gigabit e 120 x 59 x 42 mm (139 gramas).

Devolo dLAN PT9790 AC

repetidores wifi

  • Standards de rede suportados: 11ac/b/g/n
  • Velocidade anunciada: até 1.200 Mbps
  • Bandas de rede: 2,4 GHz (300 Mbps) e 5 GHz (867 Mbps)
  • Número de antenas: 1 (interna)
  • Segurança: WPS, WPA/WPA2, WPA-PSK
  • Portas LAN: 1 (10/100/1000)
  • Preço: desde 69 euros

A Devolo é mais conhecida pelos equipamentos de rede Powerline, mas consegue neste repetidor de tomada elétrica (sem passagem) reunir as características adequadas a este patamar de preço: porta Ethernet Gigabit, dual band, cinco intensidades no LED de indicação da posição certa, segurança WPA2 e velocidades teóricas de ate 1.200 Mbps.

Belkin N600 F9K1106AS

repetidores wifi

  • Standards de rede suportados: 11b/g/n
  • Velocidade anunciada: até 600 Mbps
  • Bandas de rede: 2,4 GHz (300 Mbps) e 5 GHz (300 Mbps)
  • Número de antenas: 1 (interna)
  • Segurança: WPS, WPA/WPA2, WPA-PSK
  • Portas LAN: 4 (10/100)
  • Preço: desde 69 euros

Um modelo de secretária que muda um pouco em termos de design e inclui o sistema de antena interna Multibeam que a marca garante ser capaz de gerir a ligação entre as bandas de 2,4 e 5 GHz. As diferenças estão nas quatro portas Ethernet presentes (nenhuma delas Gigabit) e também na porta USB que pode ajudar na partilha de conteúdos em toda a rede sem fios.

TP-Link RE500

repetidores wifi

  • Standards de rede suportados: 11ac/b/g/n
  • Velocidade anunciada: até 1.600 Mbps
  • Bandas de rede: 2,4 GHz (300 Mbps) e 5 GHz (1.300 Mbps)
  • Número de antenas: 4 (externas)
  • Segurança: WPS, WPA/WPA2, WPA-PSK
  • Portas LAN: 1 (10/100/1000)
  • Preço: desde 75 euros

Neste modelo da TP-Link contamos também com a ajuda da app Tether já referida acima e com um sistema de LED para encontrar a posição certa. Mas há muito mais pelo preço a pagar: tecnologia 3×3 MIMO, mais velocidade na banda de 5 GHz (até 1.300 Mbps, em teoria), porta Ethernet Gigabit e quatro antenas externas que prometem cobrir áreas de até 1.300 metros quadrados.

Linksys Max-Stream RE7000

repetidores wifi

  • Standards de rede suportados: 11ac/b/g/n
  • Velocidade anunciada: até 1.900 Mbps
  • Bandas de rede: 2,4 GHz (300 Mbps) e 5 GHz (1.733 Mbps)
  • Número de antenas: 1 (interna)
  • Segurança: WPS, WPA/WPA2, WPA-PSK
  • Portas LAN: 1 (10/100/1000)
  • Preço: desde 79 euros

Um repetidor Wi-Fi AC1900, este RE7000 da Linksys, pois na banda de 5 GHz pode chegar a velocidades de download de até 1.600 Mbps, em teoria. E a tecnologia Seamless Roaming permite a cada dispositivo mudar de uma banda para outra em função do poder do sinal e eventuais interferências, garante a marca.  Com 126 x 81 x 46 mm e 255 gramas.

Asus RP-AC66

repetidores wifi

  • Standards de rede suportados: 11ac/b/g/n
  • Velocidade anunciada: até 1.750 Mbps
  • Bandas de rede: 2,4 GHz (450 Mbps) e 5 GHz (1.300 Mbps)
  • Número de antenas: 2 (externas)
  • Segurança: WPS, WPA/WPA2, WPA-PSK
  • Portas LAN: 1 (10/100/1000)
  • Preço: desde 99 euros

São duas as antenas MIMO que apoiam este repetidor de rede sem fios AC1750 da Asus, que também integra botão WPS e indicadores LED para encontrar o local certo na rede doméstica.

Tal como os dois modelos anteriores (e outros neste artigo), assume um design de ligação à tomada elétrica (sem passagem). As velocidades sobem na banda de 2,4 GHz para até 450 Mbps e as dimensões são de 139 x 85 x 33,5 mm.

NetGear Nighthawk X4 EX7300-100PES

repetidores wifi

  • Standards de rede suportados: 11ac/b/g/n
  • Velocidade anunciada: até 2.200 Mbps
  • Bandas de rede: 2,4 GHz (450 Mbps) e 5 GHz (1.733 Mbps)
  • Número de antenas: 1 (interna)
  • Segurança: WPS, WPA/WPA2, WPA-PSK
  • Portas LAN: 1 (10/100/1000)
  • Preço: desde 111 euros

O NetGear X4 EX7300-100PES está dentro da gama Nighthawk da marca e eleva um pouco a fasquia, até porque os preços andam já acima dos 100 euros. A começar pela velocidade AC2200 (até 450 Mbps na banda de 2,4 GHz e de até 1.733 Mbps em 5 GHz) e a terminar na possibilidade de uso também como ponto de acesso de rede (algo que o modelo Asus atrás também permite). Com design para tomada elétrica (sem passagem) e 161 x 81,4 x 44,5 mm.

Linksys RE6500HG-EU

repetidores wifi

  • Standards de rede suportados: 11ac/b/g/n
  • Velocidade anunciada: até 1.200 Mbps
  • Bandas de rede: 2,4 GHz (300 Mbps) e 5 GHz (867 Mbps)
  • Número de antenas: 2 (externas)
  • Segurança: WPS, WPA/WPA2, WPA-PSK
  • Portas LAN: 4 (10/100/1000)
  • Preço: desde 149 euros

O Linksys RE6500HG-EU não é o repetidor Wi-Fi mais poderoso da gama da marca, mas quisemos obedecer ao critério dos 150 euros de limite de preço e incluir nesta lista mais um modelo de secretária, neste caso com duas antenas externas.

As vantagens deste modelo estão na presença de quatro portas Ethernet Gigabit e na possibilidade que a marca avança de usar o sistema como servidor de partilha de conteúdos multimédia (com ligação a altifalantes sem fios, por exemplo).

Dicas rápidas para a escolha e uso de um repetidor Wi-Fi

Um repetidor Wi-Fi é, basicamente, um dispositivo de rede capaz de amplificar a área de alcance de uma ligação LAN wireless gerada pelo router que recebe sinal de Internet do exterior. Apesar de implicarem velocidades menores face ao router original, em teoria, baseiam-se nos mesmos tipos de tecnologia do equipamento principal. Eis algumas dicas de utilização e seleção:

  • Dá atenção ao standard de rede e às velocidades do router que recebe originalmente o teu sinal de Internet em casa, pois é vital que escolhas um repetidor de rede compatível com essas normas. Caso contrário a prioridade será substituir o router por um mais rápido e eficaz, e não amplificar o alcance do mesmo.
  • Os routers que normalmente são fornecidos aquando da contratação dos serviços junto das operadoras funcionam na banda de 2,4 GHz, com exceção de algumas opções mais recentes, que até assentam em tecnologias Mesh. Mas se por acaso existir compatibilidade dual band (2,4 e 5 GHz), deves procurar um repetidor que também possa funcionar nas duas bandas em causa.
  • A encriptação dos dados que viajam na tua rede sem fios é importante, pelo que é indispensável optar por um repetidor com o mais recente e seguro sistema de Wi-Fi Protected Access (WPA). É o standard de segurança WPA2-PSK (AES).
  • A tecnologia MU-MIMO (Multi-User Multiple Input Multiple Output) está já presente em vários routers, pelo que, nesses casos, será bom adquirir um repetidor compatível com este método de difundir dados de forma simultânea e não sequencial.
  • Como já viste, há repetidores de instalação direta numa tomada elétrica e outros que se destinam a ficar sobre uma secretária ou outro elemento de mobiliário. Escolhe o que melhor se adaptar às tuas necessidades, mas lembra-te que alguns modelos não incluem passagem da mesma tomada elétrica e ocuparão a mesma (usar uma extensão não tem a mesma eficácia).
  • Antes de mais, tenta posicionar o teu router de origem da melhor forma possível e verificar se existem interferências de sinal gerada por outros dispositivos tecnológicos e elétricos (equipamentos Bluetooth e micro-ondas, por exemplo). Dá preferência a uma posição alta e no centro da casa. Somente depois deves estudar a forma de usar e posicionar um ou mais repetidores.

Recomendações finais

Por fim, deixamos uma recomendação importante: antes de começares a tentar resolver problemas de cobertura de rede sem fios em casa com a ajuda de um repetidor Wi-Fi, verifica a eventual hipótese de ser o serviço ou a instalação de origem que causa a ineficácia do funcionamento da rede wireless em geral.

Deves começar por medir as velocidades da rede em vários pontos da casa e também diretamente no router com a ajuda de um computador e um cabo Ethernet, para verificar se os resultados coincidem com o serviço contratado.

E também dar atenção às características técnicas do router, já que alguns modelos apresentam limitações quanto ao número de dispositivos possíveis de ligar em simultâneo, por exemplo.

Vê também: Vodafone, MEO, NOS e NOWO. Os clientes escolheram o melhor serviço!

Especialista em gadgets desportivos, a criar conteúdos desde 2003 e a tentar "absorver" cada vez mais conhecimento todos os dias! Nos tempos livres, o sol e a família têm de ser sempre companhias presentes, de preferência junto à água. E o lema é estar sempre em movimento, não fosse esta também uma forte tendência da indústria dos smartphones, dos gadgets e do mundo tecnológico em geral.