Meizu promete bater a Xiaomi e Samsung! Será a primeira a usar o Snapdragon 865?

Vitor Urbano
Comentar

Durante o evento de apresentação do novo processador topo de gama, Qualcomm Snapdragon 865, o CEO da Xiaomi subiu ao palco para revelar que o Xiaomi Mi 10 será um dos primeiros a ser lançado com o novo chip.

Enquanto se pensava que o Samsung Galaxy S11 pudesse ser o primeiro a chegar equipado com o Snapdragon 865, a Meizu fez uma promessa muito ambiciosa através da rede social chinesa Weibo.

Meizu Snapdragon 865

Meizu 17 será o primeiro a chegar com o Snapdragon 865

Numa publicação feita na sua conta oficial na rede social chinesa, a fabricante afirmou que o o Meizu 17 será o primeiro smartphone a ser lançado com o processador topo de gama. No entanto, não foram revelados grandes detalhes, sendo apenas revelado que será apresentado durante a primavera de 2020.

Até agora, as fabricantes que mais detalhes revelaram foram a Xiaomi e Oppo, confirmando que os seus topo de gama equipados com o Snapdragon 865 serão lançados durante o primeiro trimestre do próximo ano.

Além disso, várias outras fabricantes confirmaram que irão utilizar o novo processador, mas não revelaram ainda datas concretas para estes lançamentos.

Qualcomm Snapdragon 865

Todos os topos de gama de 2020 serão smartphones 5G

Uma das características reveladas sobre o Snapdragon 865 é que foi exclusivamente desenvolvido para smartphones topo de gama com suporte para redes 5G. Para utilizar este processador, as fabricantes terão de adquirir também o modem Snapdragon X55 5G.

Não será possível utilizar o Snapdragon 865 num smartphone que apenas suporte redes 4G. Assim sendo, virtualmente todos os smartphones topo de gama lançados no próximo ano irão ter de suportar redes 5G.

Além disso, este novo processador suporta sensores fotográficos de até 200 megapixels e gravação de vídeo 8K a 30fps.

Editores 4gnews recomendam:

Comentar
Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.