Meizu M6 Note atingiu as 200 Mil unidades vendidas em apenas 5 dias

Eduardo Silva
O Meizu M6 Note está disponível em preto e azul.
O Meizu M6 Note está disponível em preto e azul.

No passado dia 23 de agosto a Meizu apresentou o seu primeiro smartphone a integrar um processador Qualcomm e muitos foram os que ficaram entusiasmados com este novo Meizu M6 Pro. Visto como um gama-média acessível e uma alternativa de melhor valor perante o Xiaomi Mi Note 4, os fãs aderiram em massa à nova proposta da Meizu. E os resultados de vendas falam por si mesmo.

Disponibilizado para venda desde o dia 1 de setembro, o novo smartphone atingiu já as 200 mil unidades vendidas, combinando as unidades vendidas em loja física e loja online. A procura está a ser tanta que a Meizu está a tentar acelerar a reposição de stock para aproveitar todo o interesse despertado pelo público no seu novo modelo.

Vê ainda: OnePlus 3 / 3T: OxygenOS Open Beta traz novidades aos smartphones

Os principais responsáveis pela grande procura deste terminal são precisamente as suas componentes. Este é o primeiro terminal Meizu a receber um processador Qualcomm em deterimento dos processadores MediaTek, sendo ele o Snapdragon 625.

Este processador octa-core (8 núcleos) é bem conhecido entre os gama-média e destaca-se pela sua excelente gestão de energia, sem descorar numa performance adequada às necessidades gerais do utilizador. Aliando este a uma grande bateria de 4000 mAh, confirma-se uma boa durabilidade, mesmo com o grande ecrã IPS LCD com resolução Full HD e 5.5 polegadas de diagonal.

O Meizu M6 Note chegou às 200 mil unidades vendidas e justifica assim a aposta num processador Qualcomm

A acompanhar o processador estão 3 ou 4GB de RAM e 16, 32 ou 64GB de memória interna, dependendo da versão escolhida. Um duplo sensor fotográfico traseiro é outra das atrações para o M6 Note, com um combo de 12MP + 5MP, acrescentando a isto um belo pormenor que é o flash Quad LED de duplo tom integrado na linha de antena superior. A câmara de selfies não se fica atrás, com um sensor de 16MP capaz de gravar em 1080p.

Tudo isto convence o público, mas o preço é mais um ponto atraente do terminal. A versão de 4GB RAM e 64GB de memória interna regista o preço máximo de CNY 1,699 (cerca de €220), enquanto que a versão mais acessível de 3GB+16GB se fica por uns meros CNY 1,099 (€140). Há ainda uma versão intermédia de 3GB+32GB com um preço marcado nos CNY 1,299 (€165).

Continuará o Meizu M6 Note neste bom ritmo de vendas? Deixa nos comentários a tua opinião e continua a seguir a 4gnews para mais novidades.

Outros temas relevantes:

Podcast 166: Uma nostalgia tecnológica apoderou-se do Podcast

Oukitel K10000 Max: vídeo mostra o quão a sua bateria é capaz!

Patente da Samsung mostra um design similar ao alegado iPhone 8