Meizu. Fabricante chinesa mantém-se fiel à MediaTek

Rui Bacelar
Meizu MediaTek
Na imagem, o smartphone Android Meizu Pro 6 Plus

No passado a fabricante chinesa Meizu utilizava processadores da MediaTek em praticamente todos os seus dispositivos móveis. Contudo, tal como grande parte das construtoras, com passar do tempo começariam a utilizar processadores de outras fabricantes. No caso da Meizu seriam os Exynos da Samsung.

Veja-se o exemplo do mais recente smartphone Android da Samsung. Este utiliza o mais recente Exynos 7872 que aqui apresentamos na 4gnews. Entretanto, corriam rumores de que a Meizu tinha abandonado de vez a fabricante MediaTek. À imagem de tantas outras fabricantes que passariam a utilizar, sempre que possível, processadores de outras empresas como os Snapdragon da Qualcomm.

Vê ainda: Samsung – Patente promete um ecrã totalmente ponta-a-ponta

Agora, tal como nos conta a gizmochina, Jeffery Yang, o vice-presidente sénior da Meizu contesta a reação da imprensa. Refuta todo o burburinho que rapidamente se gerou em torno do assunto. Acusa os media de terem deturpado as suas palavras e dito que a fabricante chinesa iria abandonar a MediaTek.

Yang é bem sucinto nas suas afirmações. A sua marca continuará a lançar smartphones com processadores feitos pela fabricante chinesa. As declarações foram feitas no perfil de Yang na rede social Weibo.

Meizu continuará a usar SoC's da fabricante chinesa MediaTek

Aí, o vice-presidente sénior da marca clarifica que a utilização de processadores de outras construtoras deve-se à sua popularidade. O exemplo da Samsung e dos seus Exynos ou dos Snapdragon da Qualcomm. Ambos serão especialmente úteis e valiosos para os dispositivos de gama alta. Todavia, os dispositivos mais económicos continuarão a incorporar processadores da fabricante chinesa MediaTek. A parceria entre ambas as empresas será para manter.

fabricante chinesa MediaTek Meizu M6S Android Samsung Exynos smartphone
Este é o novo dispositivo da empresa chinesa, o M6S

Verdade seja dita, os processadores topo de gama da MediaTek não conseguiram atrair os grandes clientes e empresas. A popularidade dos seus rivais aniquilou as suas hipóteses. Contudo, a MediaTek tem uma posição muito confortável junto das marcas custo / benefício. Junto das construtoras que se dedicam à produção de dispositivos económicos. Aqui, o seu público é grande.

Já por outro lado, o novo Meizu M6s, um dispositivo de gama média com o processador Exynos 7872 deverá custar cerca de 200 dólares. Isto coloca o mercado dos MediaTek abaixo desta fasquia. Dispositivos extremamente económicos para os mercados em expansão ou exclusivamente para o segmento de entrada.

E tu, tens algum smartphone com um processador desta fabricante chinesa?

Assuntos relevantes na 4gnews:

OnePlus. 40 mil pessoas em risco de fraude com cartões de crédito

HQ Trivia – Aplicação já tem 500 mil downloads na Google Play Store

Tal como o Facebook, Instagram tem uma funcionalidade que vais querer desativar

Fonte | Via

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.