Meitu-V4Foi de há alguns de anos para cá que as selfies começaram a ganhar uma notoriedade nunca antes vista. Desde então este passou a ser mais um nicho de mercado para as marcas, começando a fabricar equipamentos com cada vez melhores câmaras frontais.

Este nicho é agora elevado para um nível nunca antes visto, com o aparecimento de mais um equipamento #chinaaopoder. A Meitu apresentou o seu novo Meitu V4, que se destaca pela inclusão de uma câmara frontal com 21MP. Inevitavelmente este é o principal foco de atenção no novo Meitu V4, que inclui assim um sensor com mais megapixels do que alguns dos mais mediáticos smartphones da atualidade.

Meitu-V4-backwhiteSe pensas que a marca descurou um pouco o sensor principal, para oferecer tal característica, enganas-te. Também a câmara principal deste Meitu V4 inclui um sensor de 21MP. Acompanhando tudo isto, temos um ecrã de 5 polegadas Full HD, processador octa-core MediaTek MT6795, GPU PowerVR G6200, 3GB de RAM, 64GB de memória interna, bem como o Android 5.1 Lollipop, com a UI MeiOS 2.5.

   

Quanto ao seu design, este é também bastante interessante, aparência essa que a própria Meitu apelida de “double V”. As suas extremidades verticais são feitas em metal.

Meitu-V4sMas este novo Meitu V4 não veio sozinho, sendo apresentada também uma versão mais “soft” deste equipamento. O Meitu V4s é, na sua construção, muito idêntico ao seu irmão, mas fica-se um pouco mais comedido nas especificações que oferece.

Vemos assim um equipamento com um ecrã de 4.7 polegadas HD, MediaTek MT6752, 3GB de RAM, 64GB de armazenamento interno, ambas as câmaras são de 13MP e Android 4.4 KitKat, sobre a UI MeiOS 2.5.

Quanto ao preço praticado para estes equipamentos, o Meitu V4 será comercializado por $548, enquanto o Meitu V4s custará $376. Se és uma pessoa que vive intensamente a moda das selfies, então este equipamento é uma excelente escolha para melhorares a qualidade das tuas recordações.

Talvez queiras ver:

😉

ViaPhonearena
Fontemobiltelefon

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.