Em 2017 os smartphones equipados com um “motor” ou SoC da MediaTek podem ser cada vez menos. A popularidade da marca junto do público é cada vez menor e o seu novo SoC topo de gama não está a ser bem aceite por várias marcas e construtoras de smartphones. Algo terá de mudar ou a MediaTek pode tornar-se uma visão do passado, pelo menos nos equipamentos vendidos em Portugal.

Vê também: LG anuncia cinco novos smartphones 

   

A MediaTek teve a sua grande janela de oportunidade no ano passado quando a grande rival, Qualcomm, falhou redondamente com o seu SoC topo de gama da altura, o problemático Snapdragon 810 cuja notória tendência para aquecer em demasia ficou bem popular. Na altura a reputação da Qualcomm sofreu um duro golpe mas, agora com o novo Snapdragon 820 conseguiu recuperar a confiança do público.

Aproveitando este grande deslize da Qualcomm, MediaTek soube concentrar os seus esforços e lançou o Helio X10, provavelmente o seu processador mais potente e bem sucedido até à data e voltou-nos a surpreender com o seu sucessor, o Helio X20 com 10 núcleos de processamento que também se porta bem, tanto a nível de potência como a nível de consumo energético.

Entre nós temos o ditado “Não há duas sem três”, algo que não se poderá aplicar à chinesa MediaTek e ao seu novo Helio X30 que não está a gerar grande interesse por parte das marcas. Segundo a gizmochina (fonte), a Oppo, Huawei e Vivo foram as mais recentes baixas, mais três grandes marcas que não estão interessadas naquilo que de melhor a MediaTek tem para oferecer neste momento.

Ora, de acordo com esta fonte, as 3 grandes construtoras asiáticas recusaram-se a utilizar o Helio X30 da MediaTek nos seus próximos smartphones, algo que pode arrastar a reputação desta construtora para o fundo. Entre nós a popularidade da MediaTek também não está muito melhor, tirando nos smartphones baratos oriundos de lojas online vemos que a esmagadora maioria dos consumidores prefere um Snapdragon” da Qualcomm.

Este desinteresse pelo novo “motor” da MediaTek tem a sua razão de ser, sobretudo no que toca à Huawei. Esta construtora está cada vez mais empenhada nos seus próprios Kirin. Já quanto à Oppo e à Vivo nada foi dito mas ambas as fabricantes utilizaram os processadores da MediaTek durante vários anos e agora bateram o pé.

Restam a Xiaomi e a Meizu, estas serão as únicas grandes construtoras a poder incorporar o Helio X30 nos seus equipamentos mas, seja como for, está visto que este novo processador não está a gerar grande interesse e será difícil recuperar deste impasse.

Talvez queiras ver:

Samsung Galaxy J7 (2017): será este o seu design?

Google confirma que lançará dois novos smartwatches no próximo ano

Esta é a Andoer 4K, a “GoPro” que grava a 4K Ultra-HD

Esta é a Andoer 4K, a “GoPro” que grava a 4K Ultra-HD

Fontegizmochina
Quando não está a escrever um artigo ou a gravar algum vídeo, o Bacelar tem por hábito saborear um bom livro, descobrir novas bandas sonoras ou simplesmente desfrutar do sol, na companhia de quem mais gosta (MM).