MediaMarkt​​​​​​​ compra 17 lojas físicas da Worten em Espanha

Bruno Coelho
Comentar

Em comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), foi revelada uma reorganização feita por parte da Sonae na operação da Worten em Espanha. Neste processo, 17 lojas foram vendidas à MediaMarkt no país vizinho.

Além da vendas destas lojas, a Sonae optou por fechar portas de outras 14 lojas da subsidiária. O objetivo da Worten é agora “otimizar a sua operação em Espanha” nas 16 lojas com melhor desempenho, que permanecem abertas.

Em comunicado à imprensa, a Worten refere que o principal desígnio passa agora por “acelerar a digital do seu negócio” em Espanha “concentrando esforços no canal digital” e conseguir ser rentável durante este ano.

A pandemia trouxe um crescimento significativo das vendas através do canal online. Dessa forma, a Worten achou por bem “focar a operação na loja online nas 16 lojas físicas com maior rentabilidade”.

Worten fica apenas com uma loja física na Espanha continental

Em Espanha continental, a Worten fica assim com apenas uma loja em Madrid. Isto porque as restantes 15 lojas são nas ilhas Canárias. Ao que é referido no mesmo comunicado, 73% dos postos de trabalho são preservados, já que está prevista a transferência de 270 colaboradores.

Tal como é referido no final do comunicado, a alienação destas lojas à MediaMarkt ainda terá de ter aprovação da Comissão Nacional dos Mercados e da Concorrência. É esperado que aconteça até março deste ano.

Fonte da MediaMark refere que "o acordo proposto também reflete a nossa aposta clara num compromisso com o modelo omnicanal, com 17 novas lojas para impulsionar as nossas vendas online com novos pontos de entrega e recolha de compras feitas online".

Editores 4gnews recomendam:

  • Atenção MEO, NOS e Vodafone: novo operador móvel chega a Portugal
  • MEO, NOS e Vodafone: novas regras para suspensão de contratos
  • Huawei quer ter o seu HarmonyOS em mais de 300 milhões de dispositivos em 2021
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.