Malware detetado em várias Skins para Minecraft na Google Play Store

Rui Bacelar
Malware skins Minecraft Google Play Store 1
Cuidado com as skins par Minecraft

Não será surpresa para ninguém quando dizemos que a Google não é nada perfeita no que diz respeito a manter as ameaças e software malicioso fora da sua loja oficial para Android, a Google Play Store apesar de estar a aplicar um mecanismo de inteligência artificial para reconhecer ameaças de malware e de ter implementado a plataforma Google Play Protect. Contudo, foram hoje descobertas várias skins para Minecraft recheadas de malware.

Vê ainda: 25 Apps gratuitas na Google Play Store para o teu Android

Hoje damos conta de mais um destes infelizes casos. Segundo avança a revista PCMag, foi a agência de segurança Symantec que descobriu uma nova ameaça que pode afectar sobretudo os equipamentos (smartphones e tablet's Android) utilizados pelos mais novos, ou por qualquer ávido jogador de Minecraft.

Ameaça de Malware na Google Play Store visa os jogadores de Minecraft

A rivalidade entre a Microsoft e a Google não é propriamente nova mas ainda não tenha chegado aos ciberataques.

Contudo, segundo avança a equipa de peritos da Symantec, foi recentemente descoberto que a versão mobile do Minecraft tem sido utilizado como vetor (como porta de entrada) para atacar os dispositivos - infectar as máquinas - dos jogadores com pelo menos 8 aplicações na Google Play Store a estarem recheadas de malware.

Aparentemente seriam extensões (ad-ons) para o Minecraft mas na prática, assim que instalasses alguma destas aplicações (apps) no teu dispositivo, estas iriam aceder a um servidor remoto e iriam emitir pedidos de apresentação de publicidades ou propagandas.

Na prática não eram apresentadas publicidades ao utilizador mas, como o pedido de emissão de publicidade tinha chegado ao servidor, o desenvolvedor destas Apps iria na mesma receber os proveitos, os lucros destes anúncios que nunca chegaram a ser apresentados.

Como age este malware presente na Google Play Store?

Ora, apesar de isto até soar bem à primeira vista - afinal de contas ninguém gosta de receber publicidades / propagandas, o smartphone ou tablet dos utilizadores afetados iria sentir um forte quebra na autonomia com a bateria a esgotar-se mais rapidamente.Malware skins Minecraft Google Play Store 1

Piorando a situação para estes jogadores de Minecraft que haviam descarregado algumas skins, os seus dispositivos seriam posteriormente adicionados a uma botnet, a uma rede automática, um grupo automático de equipamentos como smartphones e tablets que estariam ao dispor dos hackers para posterior ataque / acesso.

Os dispositivos agrupados numa botnet podem depois ser utilizados, a comando dos hackers para posteriormente executarem um ataque de DDoS (distributed denial of service) em que os dispositivos são utilizados como peões para pedir repetidamente acesso, por exemplo a um site, até que os servidores deixem de responder.

A agência Symantec já apelidou este malware presente na Google Play Store de "Sockbot" e afirma que conseguiu identificar pelo menos 8 aplicações (apps) infetadas que entre si já tiveram mais de 2 milhões de descarregamentos e instalações.

Todas estas Apps infetadas e especificamente criadas para se aproveitarem dos jogadores de Minecraft foram concebidas pelo mesmo desenvolvedor / programador chamado "FunBlaster". Entretanto a Google também já terá sido notificada e o problema estará resolvido.

Entretanto a Google já removeu as Apps sinalizadas da Google Play Store

Apesar de já não ser novidade que existem e existirão ameaças de malware no seio da Google Play Store esta situação é particularmente nefasta quando pensamos no público alvo em questão - crianças em tenra idade - que sem qualquer dúvida descarregarão este tipo de Apps sem sequer imaginarem que poderão estar a correr um considerável risco, ou que este sequer existe.

Para mais informações sobre a esta marca e tudo o que é tecnologia falada em português segue a 4gnews. Acompanha-nos no Facebook, Instagram e claro, no YouTube onde terás também as nossas LiveCasts semanais e muito mais conteúdo diário e atualizado.

Apesar de a Microsoft não revelar muita informação, de acordo com várias fontes a maioria dos jogadores de Minecraft tem menos de 15 anos. Para além disso, à primeira vista estas Apps apenas aplicariam mudanças cosméticas ao jogo e isto tornava-as ainda mais insuspeitas.

Outros assuntos relevantes:

Motorola – novo Moto Snap coloca a assistente Alexa no teu Moto Z

Nokia 7 já é oficial! Aposta na câmara “Bothie” e custa metade do Nokia 8

Xiaomi – Versão estável da MIUI 9 chegará muito em breve

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.