Linha fina que separava a OPPO da OnePlus acabou de desaparecer!

Vitor Urbano
Comentar

Ao longo dos anos, foram muitas as situações em que vimos a OPPO e OnePlus lançar no mercado smartphones muito semelhantes, sendo muitas vezes fácil prever como seria um novo topo de gama da OnePlus, através dos recentes smartphones da OPPO. Esta situação tornou-se ainda mais evidente no final do ano passado, quando a OnePlus lançou vários smartphones gama-média no mercado.

Esta proximidade entre as duas fabricantes é facilmente explicada, visto que pertencem ao Grupo BBK, assim como a Vivo e Realme. Mas, a fina linha que ainda separava as duas marcas acabou de desaparecer ao ser confirmada a união dos seus centros de R&D (Pesquisa & Desenvolvimento).

OnePlus OPPO

Após vários rumores já terem indicado esta decisão estratégica por parte de ambas as marcas em dezembro, novas informações publicadas pelo site DoNews revelam que a união já foi oficialmente confirmada. Mais ainda, novos trabalhadores passam a ser contratados apenas pela OPPO.

OPPO e OnePlus podem passar a trabalhar de forma semelhante à Xiaomi e Redmi

De acordo com uma fonte próxima da OPPO, a relação com a OnePlus passará a ser muito semelhante à da Xiaomi e Redmi, visto que estas também partilha o seu sistema de R&D.

Esta não é uma decisão que chegue como grande surpresa, visto que já há bastante tempo que vemos as fabricantes operarem de forma semelhante. No entanto, ao tornar-se oficial é possível que se torne ainda mais evidente.

Curiosamente, esta nova estratégia foi colocada em prática logo após a venda da Honor por parte da Huawei. Assim, leva-nos a acreditar que a OPPO e OnePlus poderão estar de olho no grande espaço vazio deixado pelas duas fabricantes. Ainda que a Honor pareça estar preparada para voltar ao ataque, poderá não ter o que é preciso para bater a união entre a OPPO e OnePlus.

Editores 4gnews recomendam:

Vitor Urbano
Vitor Urbano
Sempre de mão-dada esteve a tecnologia, o desporto e o mundo gaming. Por isso, se não estiver a escrever sobre o que de novo há no mundo da tecnologia, o mais provável é estar a jogar uma partida de Ultimate Team no FIFA 19.