lg-v20-4gnews-7

A LG organizou um evento no seu Digital Park em Pyeongtaek, na Coreia do Sul, onde se fabricam os smartphones da marca e se encontram as instalações de pesquisa e desenvolvimento. Com esta visita a fabricante Sul Coreana pretendeu demonstrar os procedimentos levados a cabo para testar todos os modelos antes de serem produzidos em massa.

Vê ainda: Xiaomi confirma que o Mi Note 2 virá com ecrã curvo, mas chega para substituir o Note 7?

   

Um dos exemplos em destaque vai para o mais recente topo de gama, o LG V20. Este dispositivo, antes de entrar em produção, foi sujeito a um total de 60 000 testes de validação, sendo grande parte deles para obedecer aos requerimentos do certificado militar MIL-STD-810G, dado o material utilizado para o fabrico deste equipamento.

v20-testes

Estes testes incluem quedas de um metro de altura sobre uma barra de metal, examinar as consequências da queda de uma bola de ferro em cima do ecrã e até mesmo testar a resistência do dispositivo ao peso de uma pessoa adulta.

Para além destes testes, há ainda uma série de procedimentos que se prendem com o software. A interface do utilizador é testada por um equipamento multifunções autónomo, passando posteriormente pelas mãos de um funcionário que testa a sensibilidade do ecrã manualmente.

Apesar de serem capazes de produzir até 5 000 unidades do V20 todos os dias, actualmente apenas 4 000 unidades diárias são produzidas. A capacidade máxima da fábrica estende-se no entanto a 40 milhões de dispositivos por ano.

Talvez queiras ver:

D€AL: Aproveita o Xiaomi Mi 5S Plus por 342€ (Promocode de 20€)

Samsung Galaxy C9 Pro é oficial, o primeiro Samsung com 6GB de RAM

Vídeo promocional UMi Plus mostra novo o layout da câmara

Elaborado por colaborador 4gnews Eduardo Silva

ViaGsmarena
FonteKorea Times

Fundador do projeto 4gnews, sempre olhei para a tecnologia como um pedaço de nós. Desde cedo ligado ao mundo tecnológico, este é literalmente o meu trabalho de sonho.
Amante de vinho e apaixonado pelo meu Vit. Guimarães, acredito ainda que todas as nossas acções são o gatilho para o nosso futuro.