LG G7 ThinQ notch Apple iPhone X
O LG G7 ThinQ não copiou a notch do iPhone X

Com o lançamento do Apple iPhone X, em setembro passado, criou-se uma nova moda no mercado mobile. A implementação de uma notch no topo dos ecrãs passou a ser comum em vários equipamentos, nomeadamente no novo LG G7 ThinQ.

O novo topo de gama Android da sul-coreana foi oficialmente apresentado no passado dia 2 de maio. Estamos perante um smartphone com várias diferenças face ao seu antecessor. Algumas delas até podem ser bem-vindas, mas a presença da notch não é consensual.

Vê ainda: Huawei com o Kirin 970 tem a melhor NPU face ao Snapdragon 845

O primeiro reflexo da comunidade é dizer que este é só mais um que copiou o design frontal do Apple iPhone X. Tudo isto graças à presença da mal-amada notch. Porém, a LG quer demarcar-se desta teoria.

O presidente da divisão mobile da LG, Hwang Jeong-hwan, veio afirmar que a empresa sul-coreana havia equacionado a implementação da notch ainda antes de conhecermos o Apple iPhone X.

LG G7 ThinQ não copiou a notch do Apple iPhone X

Com estas afirmações, Jeong-hwan quer demarcar a empresa para a qual trabalha de uma simples cópia do equipamento da Apple. Ele afirma, inclusive, que a empresa não se refere à notch como uma falha no ecrã do LG G7 ThinQ. Tal insinuaria que falta alguma coisa no equipamento.

Mais ainda, ele afirma que a notch está lá como um diferenciador, oferecendo algo mais aos seus utilizadores. Eles classificam tal como um ecrã secundário, dando a possibilidade de fazer mais com este smartphone.

Esta é a justificação dada pela LG mas, na realidade, não se trata de um ecrã secundário. Tal pode apenas ser utilizado graças a um recurso de software para esconder a sua monocelha. Abordagem já utilizada por outras marcas face à não consensualidade da notch no mercado.

Apple iPhone X Android iOS LG G7 ThinQ Android Oreo Google
Este é o aspecto do novo topo de gama da fabricante sul-coreana.

Relembro que a Huawei foi uma das principais empresas do mundo Android a aderir à moda das monocelhas. Também ela veio afirmar que tal havia sido equacionado internamente ainda antes do lançamento do Apple iPhone X. Só não foi lançado mais cedo por medo da reação do mercado.

Ainda na mesma entrevista, Hwang Jeong-hwan aproveitou para abordar a presença de um ecrã LCD no LG G7 ThinQ. Este afirma que não se trata de dar um passo atrás depois da introdução de ecrãs OLED na linha V.

Hwang Jeong-hwan adianta que a presença de um ecrã LCD na linha G faz parte da estratégia da empresa. Esta pretende diferenciar as suas duas linhas de topo, sendo o tipo de ecrãs utilizado uma forma para tal. Com efeito, os G manter-se-ão com ecrãs LCD, ficando os OLED reservados para a linha V.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Samsung Galaxy S9 e S9+ recebem importante atualização do Android

Nokia X em vídeo ‘hands-on’ revela um design similar ao OnePlus 6

YouTube da Google só perde para o Facebook em número de utilizadores

Fonte | Via

O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal passatempo.