LG - Mudanças estão a chegar aos smartphones da marca

Filipe Alves
LG G6 Smartphone
O LG G6 tinha tudo para ser um sucesso

A LG não está propriamente na mó de cima do mundo mobile. A empresa sul-coreana, embora nos ofereça excelentes terminais, não se consegue ajustar à rápida mudança de mercado e sucesso dos seus concorrentes.

Há uns dias lançamos um artigo que mostra o quão mal a empresa está em Portugal. Podemos inclusive determinar que os Xiaomi tem mais popularidade do que os smartphones da LG, mesmo sem vender de forma oficial em Portugal.

Vê ainda: Google Fotos – Selecionar texto presente numa imagem já é possível com o Lens

Um dos grandes problemas da marca asiática no mercado português - e mundial - é a falta de capacidade de fornecer os seus smartphones a tempo e horas. Lembro que no ano passado o "G6" foi oficializado quase um mês antes do Samsung Galaxy S8, contudo, chegou ao mercado depois, muito depois.

Mas a LG não desiste e a nova mudança no chefe de departamento mobile promete trazer a marca de volta à ribalta. Desta forma o Hwang Jeong-hwan, antigo chefe de departamento da LG Home Entertainment, passa a liderar o segmento móvel.

LG precisa urgentemente de voltar a entrar no jogo!

Com um prejuízo considerável nos smartphones, a LG precisa urgentemente de mudar o panorama da situação, caso contrário estamos a olhar para a próxima Sony.

É provável que esta mudança na se venha a refletir no próximo "G7", porém, fico desejoso para saber quais as cartas na mão da empresa asiática.

Com o lançamento do iPhone X e com os rumores à volta do próximo Samsung Galaxy S9, a marca precisa de se mostrar no mercado mundial e, acima de tudo, precisam de tratar dos problemas de fabrico e fornecimento dos seus smartphones.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Android – Estará a Nokia a preparar um sucessor para o Nokia 5?

Huawei Nova 2S é visto pela primeira vez e promete

Google poderá ter de pagar 230€ a cada utilizador do iPhone em 2011/12

Filipe Alves
Filipe Alves
Fundador do projeto 4gnews e desde cedo apaixonado pela tecnologia. A trabalhar na área desde 2009 com passagens pela MEO, Fnac e CarphoneWarehouse (UK). Foi aí que ganhou a experiência que necessitava para entender as necessidades tecnológicas dos utilizadores.