LG terá desistido definitivamente do mercado chinês de smartphones

Carlos Oliveira
LG smartphones
A LG terá desistido da China, maior mercado a nível mundial

A estratégia que a sul-coreana LG tem adotado nos últimos anos é tanto quanto questionável. Em resultado disso temos o seu recente relatório de contas que nos revela números longe do que seria esperado para a normal operação de qualquer empresa no mercado dos smartphones.

Em 2017, a sul-coreana tinha tudo para triunfar com o seu LG G6. Trata-se de um equipamento muito bem construído e com características bastante interessantes. Tendo sido apresentado antes dos Samsung Galaxy S8 e S8+, este só teria de chegar ao mercado antes dos seus principais concorrentes. Obviamente, tal não sucedeu.

Vê ainda: 27 aplicações gratuitas na Google Play Store para o teu Android

Depois, já na segunda metade do ano, tivemos um LG V30 igualmente promissor, mas que voltaria a cometer o mesmo erro. Este voltou a demorar demasiado tempo a chegar ao mercado, principalmente ao europeu.

Terão sido estes os dois principais fatores para o desaire da empresa em 2017? O certo é que a sul-coreana vendeu apenas 13.9 milhões de smartphones em todo o ano. Muito longe da sua conterrânea Samsung que alcançou a incrível marca de 317 milhões smartphones vendidos no mesmo período.

A LG deixará de vender smartphones oficialmente na China

Atendendo ao maior mercado tecnológico do mundo, a China, a LG simplesmente não colocou lá nenhum equipamento à venda. O último equipamento a chegar ao maior mercado mundial foi o LG G5 SE, apresentado em maio de 2016.

Se este poderia ser já um presságio da sua desistência, agora temos a indicação de que tal possa ser oficial. Um representante da LG, em Pequim, terá avançado que a divisão mobile da LG saiu oficialmente da China. Agora não haverá volta a dar. A China não receberá oficialmente mais nenhum equipamento da sul-coreana.

A culpa, alegadamente, será da forte concorrência interna que se verifica nesse mercado. Marcas como a Huawei, Oppo, Vivo ou Xiaomi terão ditado o fim da operação da LG naquele mercado de smartphones. Aquele mercado, aos olhos da LG, está saturado. Todavia, as outras divisões da empresa continuarão a operar normalmente na China.

Embora a fonte desta informação seja credível, a mesma ainda não é oficial. Ainda não tivemos acesso a nenhum comunicado da empresa sul-coreana a dar contar desta triste noticia. Daí que saliento, uma vez mais, a alegada saída da empresa da China. Os indicadores estão todos lá, faltando apenas a confirmação por parte da empresa.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Android Oreo não chegará à geração Samsung Galaxy S6

HMD Global – Nokia 4 poderá chegar para substituir o Nokia 3

Terá a Apple iniciado uma tendência que Xiaomi, Huawei e Samsung seguirão?!

Fonte | Via

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.