LG de volta aos lucros na primeira metade de 2018

Rui Bacelar
LG ThinQ Android Oreo MWC LG K8 LG K10 Android LG G7 Android Android MWC 2018 LG V30s
A fabricante Android está de volta aos lucros com a sua nova estratégia.©reuters

A competitividade do mercado mobile (dispositivos móveis) continua a aumentar, tornando-o num palco cada vez mais cativante. Agora olhamos para os resultados fiscais da fabricante Android sediada na Coreia do Sul, a LG e o impacto do LG G7 ThinQ.

Com o fim do segundo trimestre - e consequentemente do primeiro semestre - temos agora a oportunidade de "ver" o que resultou bem e o que carece de melhoria. Mais concretamente, os diversos ramos e tipos de produtos da tecnológica LG.

Vê ainda: WhatsApp recebe uma atualização há muito esperada para Android e iOS

Mais concretamente, a LG Electronics (LG) reportou resultados consolidados de vendas globais de 13.9 mil milhões de dólares. Temos também um total de lucro operacional de 715.1 milhões de dólares no segundo trimestre de 2018.

As vendas globais neste período aumentaram 3.2% face ao primeiro semestre de 2017. Já por outro lado, o lucro operacional aumentou 16.1%. Mais uma vez, quando comparados com o mesmo período do passado.

LG está de volta aos lucros no 1º trimestre de 2018

O forte desempenho de Home Appliances & Air Solutions, os eletrodomésticos. Bem como dos produtos premium de Home Entertainment - televisões e sistemas de entretenimento. Duas áreas que compensaram as perdas nas áreas de Vehicles Components - componentes para automóveis e Mobile Communications - smartphones Android. Aqui, os dispositivos móveis como o novo LG G7 ThinQ ainda não conseguiram reverter a tendência de queda.

LG G7 ThinQ Android
O novo smartphone Android tem tudo para trazer o setor mobile de volta aos lucros.

Ainda assim temos boas notícias para a marca em si. Durante a primeira metade do ano de 2018 bateu recordes em vendas e operating profits - lucro operacional. Em seguida podemos apurar as fontes e a performance de cada setor, bem como o balanço final para a fabricante Android.

  • Os revenues aumentaram 3.2% comparativamente com 2017 para 28 mil milhões de dólares. Já a receita aumentou 18.5% para 1.7 mil milhões. Olhando para o futuro, e para as incertezas do mercado, concorrência e cenário internacional, a LG entra na segunda metade do ano de forma positiva. A marca está com foco na competitividade de preço e crescimento rentável.
  • O revenue do primeiro semestre de Home Appliances & Air Solutions foi o mais elevado de sempre na história da empresa. Excedendo pela primeira vez os 9.47 mil milhões de dólares.

    LG C8 4K OLED TV LG G7 ThinQ Android
    A elegância reflecte-se nos pequenos pormenores e detalhes como a base (pé) da televisão.
  • Já o setor Home Entertainment reportou vendas de USD 3.54 mil milhões e um operating profit de USD 377.48 mil milhões. Os revenues aumentaram 4.1% desdeo primeiro trimestre de 2017 graças às vendas de equipamentos premium como é o caso de televisoresOLED e SUPERHD.

Smartphones Android - o LG G7 ThinQ e V35 ThinQ

  • Olhando agora para os seus dispositivos Android como o topo de gama LG G7 ThinQ temos um cenário pouco positivo. Mais concretamente, o setor Mobile Communications registou vendas de 1.92 mil milhões de dólares. Já as perdas operacionais de 171.95 milhões de dólares. Com a esperada competitividade da categoria a aumentar na segunda metade do ano, a empresa espera melhorar a sua estrutura de negócio nesta área. Isto para aumentar as vendas com os smartphones LG G7 ThinQ e LG V35 ThinQ nos vários mercados.
  • No que diz respeito a Vehicle Components as vendas foram no valor de 809.5 milhões de dólares. Já as perdas chegaram aos 30.14 milhões de dólares. As vendas aumentaram 3.9% face ao segundo trimestre do ano passado. Isto devido a novos projetos que foram iniciados. As incertezas que dizem respeito ao setor automóvel e a política de distribuição dos EUA. Algo que vai continuar a desafiar a unidade de negócio ao longo do ano, apesar de ser esperado um crescimento a longo prazo.
  • Também foram registados aumentos em Business-to-Business (10.7%) comparativamente com o segundo trimestre do ano passado. Aqui graças a produtos de sinalética digital e módulos solares muito eficientes. Mais ainda, espera-se que este comportamento se mantenha até final do ano.

Assuntos relevantes na 4gnews:

Galaxy S9 continua a desiludir nas vendas, quem o diz é a Samsung

Atualizações: Microsoft sabe como resolver o problema do Windows 10

OnePlus ultrapassa Samsung no segundo maior mercado do mundo

Fonte

Rui Bacelar
Rui Bacelar
Na escrita e comunicação repousa o gosto, nas leis a formação. É na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e na 4gnews a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.