LG G5 4gnews 23

A LG lançou este ano, pela primeira vez, um equipamento com uma filosofia modular com o seu LG G5. Em termos de inovação, este foi um dos principais protagonistas do ano, porém nem tudo foi um mar de rosas e muitos queixaram-se de problemas com os módulos introduzidos para o mesmo.

Vê também: Amazon está prestes a deixar a UPS e FedEx em busca de solução própria para envio de produtos

   

Mas o caminho é para a frente e neste momento a LG estará já a pensar no seu próximo flagship a ser apresentado em 2017, cujos rumores começaram já a surgir. Segundo um relatório agora conhecido, o futuro LG G6 não deverá trazer um ecrã com laterais curvas.

Muitos poderiam esperar que fosse este o ano em que a LG saltasse para os ecrãs curvos OLED, contudo este relatório oriundo da Coreia do Sul afirma que o LG G6 continuará a utilizar um ecrã LCD sem qualquer curvatura. A justificação para tal parece prender-se com o fornecedor de ecrãs da LG que não possuirá a capacidade de resposta que se esperaria. Este equipamento deverá ainda ser maioritariamente construído com base no metal.


O mesmo relatório afirma ainda que a LG estará a desenvolver uma nova tecnologia ressonante de carregamento sem fios, que permitirá carregar mais do que um smartphone simultaneamente a uma distância de 2-3 centímetros do carregador. Contudo, esta tecnologia não estará pronta a tempo do lançamento do LG G6, portanto a mesma só deverá fazer parte do futuro LG G7.

À medida que nos aproximamos do final do ano é normal que comecemos desde já a falar sobre os flagships de 2017. Este parece ser um dos primeiros rumores relativos ao futuro LG G6 e até à sua apresentação muito se falará ainda sobre o terminal.

Talvez queiras ver:

Aplicação “Oculus” está a aquecer os smartphones Samsung Galaxy em demasia

LeEco vende meio milhão de LeEco Le Pro 3 em 15 segundos

Homem entra na Apple Store para destruir uma quantidade de iPhones

Viaphonearena
Fontechosun
O gosto por tecnologia foi algo que esteve sempre dentro de mim. Com o crescer do mercado dos smartphones, também o meu entusiasmo com os mesmos aumentou. Já nos tempos livres, as séries são o meu principal mata-tempo.