lg-knock

O LG G2 é  um smartphone, com um chip ridiculamente poderoso e uma grande autonomia da bateria. Mas também estreou um novo recurso para LG em que você poderia acordar o aparelho apenas com um duplo toque na tela. Bem, em breve você vai ser capaz de fazer o mesmo com todos os telefones inteligentes da LG, como a empresa anunciou que já se está a tornar uma característica padrão.

A LG L Series II será a primeira gama de aparelhos a obter o recurso ”Knock”, através de uma versão de manutenção, a partir de janeiro. Será este o fim dos botões que todos conhecemos?

   

Assim como o LG G2, ”Knock” (anteriormente conhecido como ”KnockON”), apresentado no LG G Pad 8,3 tablet , e o LG G Flex curvo. O G Flex, como o G2, tem botões na sua parte traseira, de modo a que uma dupla batida acabe com a necessidade de chegar ao redor para o botão de energia. Mas a funcionalidade não é exclusiva da LG. O Nokia Lumia 1020 tem essa função também, mas a Nokia não sentiu a necessidade de lhe dar um nome.

”Knock é distintamente um LG UX e um grande exemplo do que acontece quando você se actualiza com o mais recente smartphone com perspetivas centradas no consumidor”, disse o presidente e CEO Dr. Jong-seok  no Parque LG Electronics Mobile Communications, num comunicado. “Nunca ninguém pensou que um botão de energia precisava de ser melhorado até que os nossos engenheiros se perguntaram por que eles se não poderiam virar a tela inteira num botão de energia.”

Então, quando irão os aparelhos LG L Series II obter o recurso? O lançamento vai variar conforme a região e a operadora, de acordo com a liberação, por isso vamos ter de esperar por um anúncio do Reino Unido.

A LG recentemente  confirmou que tem alguma tecnologia escondida na manga. Rumores dizem que a LG está preparando um relógio inteligente chamado de G-Arch, e um rastreador de saúde e fitness chamado de G-Saúde. Eu tenho quase a certeza que haverão novidades rapidamente ou talvez a Lg vá revelá-las no Mobile World Congress, em Fevereiro.

Você quer tocar duas vezes no telefone para acordá-lo? Estará a chegar a altura de smartphones sem botões? Deixe-nos a sua opinião nos comentários.