LeTV LeMax Pro incluirá o sensor de impressão digital desenvolvido pela Qualcomm

Carlos Oliveira

letvmaxpro

A empresa chinesa LeTV não se dedica exclusivamente ao desenvolvimento de smartphones. Ela é ainda responsável por um dos serviços de streaming multimédia mais famosos da Ásia, digamos que um concorrente ao Netflix. Mas claro está que a principal razão para estarmos hoje a falar nela é o próximo smartphone que se encontra em desenvolvimento e que vê agora novos pormenores serem revelados.

As novas informações vindas agora a público dão conta da inclusão do sensor de impressão digital Sense ID da Qualcomm e um novo protocolo de Wi-Fi. Como não poderia deixar de ser, a Weibo é mais uma vez a intermediária entre a fonte de informação e o mundo.

Esmiuçando um pouco mais estas novas informações, o Sense ID da Qualcomm é, na minha opinião, o melhor tipo de sensor de impressão digital que se pode incluir num smartphone. Ele basicamente faz uma leitura quase perfeita do teu dedo através dos mais variados materiais utilizados na construção de smartphones. Isto permitirá à LeTV implementar este sensor onde bem entender, sem descurar a apresentação do equipamento.

letvmaxpro_leak

A maioria dos equipamentos disponíveis no mercado têm obviamente conexão Wi-Fi, mas no protocolo 802.11 ac. O novo LeTV LeMax Pro utilizará o protocolo 802.11 ad, o suficiente para poder atingir velocidades máximas de 7Gbps.

Este LeTV LeMax Pro foi já falado anteriormente e será um verdadeiro monstro de especificações. Especula-se que o mesmo possua o novo Snapdragon 820, ecrã de 6.33 polegadas Quad-HD, 4GB de RAM LPDDR4 e 32GB, 64GB ou 128GB de memória interna. A nível fotográfico deverá trazer um sensor traseiro de 20MP e um frontal de 4 Ultrapixel.

Este LeTV LeMax Pro deverá ser apresentado na CES de 2016, que se inicia já na próxima semana em La Vegas, mais concretamente no dia 6 de janeiro.

Talvez queiras ver:

;)

Carlos Oliveira
Carlos Oliveira
Tendo já passado por várias casas, a 4gnews é aquela que me segura desde 2015. Com um desejo insaciável de me manter atualizado tecnologicamente, a partilha desse conhecimento é apenas o seguimento natural das coisas.