Lançamento de Xiaomi Mi 10 e Black Shark 3 pode ser afetado pelo coronavírus

Bruno Coelho
1 comentário

As previsões apontam para que a Xiaomi possam lançar os seus smartphones topo de gama – Xiaomi Mi 10 e Mi 10 Pro ainda neste início de fevereiro. Já o Black Shark 3, o seu próximo smartphone gaming, pode ser apresentado dias depois.

Devido ao surto de coronavírus que assola a China, as últimas informações apontam para que a Xiaomi esteja a planear realizar esses lançamentos apenas online, não havendo os habituais eventos de lançamento.

Lançamento do Xiaomi Mi 10 e do Black Shark 3 vai acontecer apenas online, afirma o leaker Digital chat station

Xiaomi Mi 10 pode ser revelado a 11 de fevereiro

É bom recordar que vários rumores apontam para que a Xiaomi quisesse lançar os Mi 10 já no dia 11 de fevereiro – a mesma data em que serão revelados os Samsung Galaxy S20.

O objetivo de um lançamento no mesmo dia, e até mais cedo, seria uma tentativa de a Xiaomi tirar algum protagonismo à rival Samsung. Mas com o surto de coronavírus, o lançamento pode acontecer apenas online.

Lou Yuzhou, CEO da Black Shark, já veio a público afirmar que o novo smartphone desta linha também pode tornar-se oficial num evento online. E a razão para tal, segundo o próprio, é mesmo o coronavírus.

O Black Shark será um telemóvel gaming que vai competir com melhores telemóveis Xiaomi do momento, tal como o próximo Mi 10.

Espera-se que a Xiaomi confirme os lançamentos dos seus topo de gama ainda durante esta semana. Estes são bastante aguardados, e serão dos primeiros dispositivos a chegar equipados com o novo processador Snapdragon 865.

Segundo as últimas informações, tanto o Mi 10 Pro como o Black Shark 3 poderão chegar ao mercado com uma variante de 16 GB de RAM. Além disso, os ecrãs com taxa de atualização de 120Hz também são uma forte possibilidade.

Editores 4gnews recomendam:

  • Xiaomi Mi MIX Fold. Design do futuro dobrável é revelado em patente
  • Coronavírus afeta linhas de produção da Asus
  • Samsung Galaxy Z Flip. Vê o primeiro vídeo de ‘hands on’ do dobrável
Bruno Coelho
Bruno Coelho
Vive entre a paixão pela escrita, a música e a tecnologia. Licenciou-se em Ciências da Comunicação na Universidade da Beira Interior em 2015, e fez parte da equipa que fundou o Jornal de Belmonte. Produziu vários podcasts independentes pelo caminho. Come especificações ao pequeno-almoço.